Polícia

Tiroteio deixa dois mortos e dois feridos no Morumbi

Importante empresário da gastronomia paulistana, Alessandro Altobelli foi baleado pelos suspeitos; estudante de colégio ficaram assustados com a troca de tiros

Por: VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

altobelli11
Altobelli ao lado de seu sócio Olivier Anquier: O empresário foi morto em seu Jaguar por suspeitos que fugiam dos policiais da Rota (Foto: Folhapress)

Duas pessoas morreram e duas ficaram feridas durante uma troca de tiros entre policiais da Rota e suspeitos de roubarem residências. Entre as vítimas está o motorista de um Jaguar, que foi abordado e baleado pelos criminosos durante a fuga. A perseguição começou por volta das 13h30 desta sexta-feira (27) no Butantã, mas terminou em frente a um colégio bilíngue no Morumbi.

Conforme revelou o Blog do Lorençato, o motorista morto é Alessandro Altobelli, importante empresário da gastronomia paulistana e sócio do chef Olivier Anquier. A lista de negócios aos quais ele esteve associado incluía o clube noturno Columbia, na esquina das ruas Augusta e Estados Unidos, que causou furou na época (hoje, onde está instalada a balada BallRoom). Depois vieram, no Itaim, a sorveteria Liolà, ocupada depois pelo Bionda Bar Bistrot, também do empresário.Além do Azucar, o Bistrô L’Entrecôte d’Olivier segue um sucesso e ganhou uma filial nos Jardins em setembro do ano passado.

+ Homem que morreu em perseguição policial é suspeito de estupro

Caso

Tudo começou quando os policiais abordaram na Rua Agostinho Cantu, no Butantã, os quatro suspeitos que estavam em um Hyundai i30 roubado. Durante a ação, eles dispararam contra a viatura da polícia. Segundo o tenente-coronel da Rota Nivaldo Restivo, um policial ficou ferido no rosto com os estilhaços de vidro.

 

Na fuga, os suspeitos abandonaram o veículo que estavam e tentaram roubar outros dois carros, atirando contra os dois proprietários. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o motorista do Jaguar,Alessandro Altobelli, foi encaminhado para o Hospital São Luiz, mas não resistiu aos ferimentos. Já o condutor de um Corsa foi medicado e passa bem.

 

A perseguição terminou na Avenida São Valério, perto da Rua Engenheiro Oscar Americano, no Morumbi. Um dos suspeitos foi baleado. Com ferimentos em diversas partes do corpo, o homem encaminhado para o Hospital Universitário também morreu. Segundo a assessoria de imprensa da unidade de saúde, o rapaz não tinha documentos. 

+ Confira as principais notícias da cidade

O tiroteio aconteceu em frente a um colégio bilíngue no Morumbi. As crianças que estavam no pátio durante o intervalo ficaram assustadas e foram orientadas pelos funcionários a retornarem para as salas de aula. Um vídeo mostra os estudantes correndo e gritando. Apesar do susto, a escola informou que a situação não mudou a rotina dos alunos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO