Mistérios da Cidade

Novo estúdio recebe tatuadores badalados em sistema rotativo

Aberto na última segunda (7), em Moema, o Tattoaria House funciona como uma espécie de coworking para artistas de várias partes do Brasil e do mundo

Por: Mauricio Xavier [com reportagem de Sophia Braun]

Tattoaria House
Profissionais em ação: intercâmbio estrangeiro (Foto: Divulgação)

Um estúdio de tatuagem sem artistas fixos. É o que propõe o Tattoaria House, que abriu as portas em Moema na última segunda (7).

+ Chope vive seu momento de auge na cidade

O espaço, misto de barbearia, loja e bar, receberá profissionais de várias partes do Brasil e do mundo, com a curadoria dos sócios Rodrigo Bondioli, Bruno Godoy e André Fernandez. “Muitas vezes, os clientes não encontram o cara ideal para executar sua ideia”, diz Fernandez. “Nosso objetivo é trazer os melhores nomes de cada estilo de desenho.”

Tattoaria House
O ambiente interno: misto de bar, loja e barbearia (Foto: Divulgação)

Cerca de oitenta expoentes da área já têm data para pintar por lá. Famoso em Curitiba pelas mandalas de pontilhismo (dotwork) e pela tinta preta (blackwork), Caco Menegaz irá ao espaço em abril. O neozelandês Coen Mitchell está entre os gringos que devem desembarcar na cidade no primeiro semestre.

+ Paulistanos que tatuaram o amor pela cidade

O calendário completo, bem como o perfil de cada artista, pode ser consultado em www.house.tattoaria.com.br (ao lado, alguns destaques, suas técnicas e o preço médio). Os agendamentos devem ser realizados pela plataforma on-line e o valor varia de acordo com o profissional e a complexidade da tatuagem.

Tattoaria House - FELIPE LUIZ
Felipe Luiz, aquarela: 21 a 26 de março (Foto: Reprodução/Instagram)
Tattoaria House - CACO MENEGAZ
Caco Menegaz, pontilhismo: 11 a 13 de abril (Foto: Reprodução/Instagram)
Tattoaria House - MATHEUS SACOM
Matheus Sacom, realismo: 23 a 28 de maio (Foto: Reprodução/Instagram)

Fonte: VEJA SÃO PAULO