Luxo

Spa Lapinha chega em versão compacta à cidade

Tradicional retiro paranaense agora abre sua filial urbana para os carentes de massagens e tratamentos especiais

Por: Juliene Moretti

spa_lapinha
O lobby do novo centro: atendimento personalizado (Foto: Lucas Lima)

Em uma fazenda de 550 hectares no município de Lapa, a 85 quilômetrosde Curitiba, no Paraná, funciona desde 1972 o Lapinha SPA. Um dos mais luxuosos do país, ele já levou o título de melhor destino do gênero nas Américas pelo World Spa Awards, organização internacionalque é referência nesse mercado. Lá, um pacote de hospedagem de uma semana custa de 6 000 a 8 000 reais. Entre outros atrativos e serviços, o Lapinha oferece horta orgânica, piscinas aquecidas e uma equipe médica 24 horas à disposição dos clientes. Muitos viajam de outras cidadese estados em busca de tratamento. “Os paulistanos representam cerca de 60% do nosso público”, calcula Marianne Brepohl, gerente de marketing do negócio, criado por seus pais há mais de quarenta anos.

reinaldo lourenço
Reinaldo Lourenço no escalda-pés:“Sou muito mimado” (Foto: Lucas Lima)

A grande procura animou a empresa a abrir uma filial aqui na cidade. Inaugurado há três meses na cobertura do prédio do Hospital Sírio-Libanês, no Itaim, o espaço de aproximadamente 400 metros quadrados demandou um investimento de 200 000 reais. O valor relativamente modesto tem a ver com as dimensões da unidade. Trata-se de uma versão bem compacta da matriz. Reúne quatro salas, sendo uma delas específica para massagem tântrica e aulas de ioga e pilates. Há também um lounge, onde é possível relaxar com um escalda-pés realizado em um ofurô com ervas como alecrim e camomila.

paula weber
A chef Paula Weber: massagens especiais (Foto: Lucas Lima)

O cardápio de serviços inclui ainda programas de emagrecimento.Uma das técnicas sugeridas é a austríaca Mayr-Kur, que promete bons resultadoscom sessões de massagem e reeducação alimentar. A dieta pode começar com 400 calorias por dia. O processo dura seis semanas e custa a partir de 970 reais. No competitivo mercado de spas de luxo da capital (veja o quadro abaixo), a Lapinha Urbana, como a unidade acabou sendo batizada, investe no atendimento exclusivo. “Podemos receber um cliente por vez, fechando o espaço somente para essa pessoa”, afirma Brepohl.

Em muitos casos, os usuários ficam nas mãos de profissionais vindos do Paraná. Um deles, o fisioterapeuta Wilmar Chegalski, costuma fazer de tempos em tempos cursos e treinamentos na Tailândia na área de terapias orientais. Outro nome muito procurado é o de Aquico Takahashi, craque em uma arte que mistura shiatsu, acupuntura, quiroacupuntura (técnica coreana de massagem nas mãos) e alongamento. O preço de uma consulta com um desses experts varia de 300 a 350 reais.

A filial tem atendido nas últimas semanas pessoas como a chef Paula Weber, de 49 anos. “Desde 2003, frequento o spa do Paraná”, conta ela, que costuma agendar horários no Itaim para realizar massagens relaxantes. O estilista Reinaldo Lourenço, 50, também virou adepto. “Sou muito mimado aqui. Quando saio, estou pronto para trabalhar.”

Relax diferenciado

O que oferecem outros endereços badalados

Longevity by Sisley: Entre as especialidades mais procuradas por clientes do endereço localizado nosJardins, estão a massagem relaxante com óleos essenciais (R$ 180,00 por uma hora) e a destinada às gestantes (R$ 180,00 por uma hora). Rua Peixoto Gomide,1276, tel.: 2532-1918

Amanary, no Hyatt: Com entrada independente do hotel, a novidade é o tratamento à base de café (R$ 230,00 por noventa minutos), com escalda-pés e esfoliação com os grãos. Avenida Nações Unidas,13 301, tel.: 2838-1234

Spa Cidade Jardim: Entre massagense tratamentos faciais, a Deep Tissueé a favorita entre executivos e esportistas (R$ 200,00 por uma hora). Avenida Magalhãesde Castro, 12 000, tel.: 3552-3575

Fonte: VEJA SÃO PAULO