Clima

Há onze dias sem chuva, São Paulo terá semana ainda mais seca

Período será marcado pela baixa umidade do ar e "veranico" no inverno

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

tempo seco
Amplitude térmica: mínima de 14 graus e máxima de 27 graus em São Paulo nos próximos dias (Foto: J. Duran Machfee/Futura Press/Folhapress)

O paulistano terá de se acostumar com o tempo seco e a falta de chuvas dos últimos dias. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), o clima atual será predominante durante toda a primeira quinzena de agosto. A sensação de "veranico" - fenômeno meteorológico que traz calor e sol forte em pleno inverno - continua. 

+ Reservatórios estão em pior situação que há um ano

Há onze dias a capital não tem registro de precipitação - e tambem não há previsão de chuva para a próxima semana. Como se não bastasse, a umidade relativa do ar deve chegar à casa dos 30% nesta quarta (5). Abaixo disso, a Organização Mundial de Saúde (OMS) considera estado de atenção. 

+ Com água do volume morto, São Paulo teve epidemia de diarreia

O calor no meio da tarde e o céu claro também são uma tendência que deve ser manter nos próximos dias. "Já esperávamos esse inverno com grande amplitude térmica", diz Thomaz Garcia, meteorologista do CGE. A temperatura mínima será de 14º C durante a madrugada. A máxima, de 27ºC. 

Também sem chuvas, o Sistema Cantareira se manteve estável entre terça (4) e quarta (5) e tem 14,2% da capacidade. Já o Alto Tietê caiu 0,1% e tem agora 17,6% de água em suas represas. 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO