Cidade

Réveillon na Paulista terá Criolo e Chiclete com Banana

Palco será montado próximo a Avenida Brigadeiro Luís Antônio e deverá ser menor em relação aos anos anteriores

Por: Estadão Conteúdo

Réveillon Avenida Paulista
Virada na Avenida Paulista: prefeito confirmou que a administração fez uma reserva de 3 milhões de reais para a festa  (Foto: Futura Press/Folhapress)

Criolo, a dupla Marcos e Belutti e a banda Chiclete com Banana são algumas das atrações da festa de Réveillon deste ano na Avenida Paulista. A prefeitura, que teve dificuldades de conseguir patrocínio para bancar os shows, definiu a programação nesta semana.

O palco será montado a 300 metros após o cruzamento com a Avenida Brigadeiro Luís Antônio e bloqueará um lado da Paulista, no sentido Consolação. A estrutura não será suspensa, como nos outros anos. Para a montagem do palco aéreo, segundo a prefeitura, seria necessário colocar uma viga sobre a ciclovia.

+ 'Star Wars - O Despertar da Força' estreia para arrasar nas bilheterias

A administração municipal conseguiu 1 milhão de reais da iniciativa privada para financiar a festa. Isso banca parte do cachê dos artistas - a outra parte será financiada pela TV Globo, que transmite o evento. Desta vez, somente a São Paulo Turismo (SPTuris) ficará responsável pela montagem do palco, a segurança e os banheiros químicos. A prefeitura prevê desembolsar até 2 milhões de reais.

Na manhã desta quinta-feira (17) o prefeito de São Paulo Fernando Haddad confirmou que a administração fez uma reserva de 3 milhões de reais para a festa e disse que, em relação ao custo benefício, o réveillon traz "muito mais de retorno" aos cofres públicos com o turismo que movimenta na cidade.

+ Dez endereços para começar o dia com um bom café da manhã

Haddad afirmou que o palco será menor em relação aos anos anteriores porque é mais barato e rápido de montar e desmontar. Segundo ele, o custo estimado para o palco deste ano é de até 300 mil reais, ante 1,5 milhão de reais da tradicional estrutura aérea dos últimos anos.

"Vai ser um palco diferente dos anos anteriores, que eu acho até mais conveniente. Porque para montar e desmontar aquele palco era um transtorno e muito caro. Este você monta e desmonta com poucos dias de transtorno e consegue fazer isso sem prejudicar a mobilidade", disse.

+ As lojinhas mais bacanas da Linha 4-Amarela do Metrô

Programação:

19h30 às 20h15 - Banda Deja Vu

20h40 - Chiclete com Banana

21h30 - DJ

22h - Criolo

23h - DJ

23h30 - Marcos e Belutti

0h30 - DJ

1h - Banda Glória convida Maria Alcina e Luiz Melodia

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO