Educação

Reitoria da PUC-SP é invadida por alunos em Perdizes

Estudantes alegam que má administração da universidade tem provocado demissões e outros prejuízos

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

PUC - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Vista da PUC em Perdizes (Foto: Divulgação)

Dezenas de estudantes da Pontífica Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) invadiram e iniciaram uma ocupação da reitoria da instituição na noite desta terça (17). De acordo com os próprios organizadores, o que motiva o ato é a falta de diálogo com a administração e uma série de fatos como demissões de funcionários.

+ Homem leva facada de vizinho e o acusa de homofobia

O grupo vem realizando reuniões periódicas desde o fim do ano passado para debater os supostos problemas que afligiriam a universidade.

Entre esses pontos estariam a demissão de professores e demais funcionários, o fechamento de turmas, o cancelamento inexplicado de diversas disciplinas e a suspensão do serviço de alimentação para alguns alunos.

+ Troca de tiros em frente ao Jockey Club deixa quatro feridos

Os alunos alegam que uma reunião com a reitoria havia sido protocolada há mais de um mês, mas nenhum membro da administração compareceu. Por esta razão e após diversas assembleias, o movimento estudantil decidiu ocupar parte do prédio e pretende permanecer por lá até que o diálogo seja aberto.

Procurada, a universidade informou por meio de nota que manifestantes, alguns encapuzados, invadiram o prédio da reitoria e até o momento a direção não recebeu nenhum comunicado. "Não é possível emitir manifestação sobre o ocorrido", diz o comunicado.

+ Confira as últimas notícias da cidade

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO