Eleição

Quem são os outros candidatos a governador de São Paulo?

VEJA SÃO PAULO traz um breve perfil dos outros treze candidatos, os chamados nanicos

Por: Marcella Centofanti e Sandra Soares [Isabela Barros] - Atualizado em

Orestes Quércia

68 anos

Partido do Movimento

Democrático Brasileiro (PMDB)

Profissão: advogado e empresário (tem participação em emissoras de TV, rádios e jornais, além de ser sócio de um hotel e de um escritório de engenharia, entre outros)

Vida pública: foi vereador, deputado estadual, prefeito de Campinas, senador, vice-governador e governador de São Paulo (de 1987 a 1991). Perdeu as eleições para presidente em 1994, para governador em 1998 e para senador em 2002. Enfrentou uma série de denúncias de irregularidades em seu governo. Com origem modesta, conseguiu acumular um fabuloso patrimônio. Ele sempre afirmou que isso se deve ao seu sucesso empresarial

Patrimônio declarado: 111,5 milhões de reais

Prioridades no governo: restabelecer a segurança, recuperar a qualidade do ensino na escola pública e tirar a saúde da "situação vergonhosa" em que se encontra. "Como já fui prefeito e governador, tenho as melhores propostas e a equipe mais preparada para colocar São Paulo de volta à posição de locomotiva do Brasil"

Anaí Caproni

39 anos

Partido da Causa Operária (PCO)

Profissão: técnica em eletrônica, atualmente cursa direito

Vida pública: foi diretora da Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios de 2003 a junho de 2006. É integrante da Executiva Nacional do PCO

Patrimônio declarado: não declarou nenhum bem

Prioridades no governo: lutar por um salário mínimo de 1 900 reais e reduzir a jornada de trabalho para gerar mais empregos, além de apoiar a reforma agrária

Tarcisio Roberto Foglio

54 anos

Partido Social Cristão (PSC)

Profissão: empresário (é sócio de uma empresa de prestação de serviços para indústrias em Jandira e Itapevi)

Vida pública: jamais ocupou cargos administrativos

Patrimônio declarado: 49.000 reais

Prioridades no governo: quer estudar formas de reduzir a carga tributária para estimular os empresários a investir. Pretende criar uma política habitacional com tecnologia suficiente para que os cidadãos possam construir as próprias casas, com custo reduzido

Eder Xavier

53 anos

Partido Trabalhista Cristão (PTC)

Profissão: advogado

Vida pública: foi candidato a vereador em São Caetano do Sul pelo PMDB em 1982 e é membro do PTC há dezessete anos

Patrimônio declarado: 67.440 reais

Prioridade no governo: constituir conselhos administrativos para auditar todos os contratos firmados entre o estado e a iniciativa privada. "Assim, a sociedade saberá exatamente quanto o governo investe em segurança, educação e saúde"

Carlos Apolinario

54 anos

Partido Democrático Trabalhista (PDT)

Profissão: advogado e empresário (tem uma emissora de rádio FM)

Vida pública: foi deputado estadual, presidente da Assembléia Legislativa e deputado federal. Desde 2001 é vereador, cargo do qual está licenciado

Patrimônio declarado: 3.milhões de reais

Prioridade no governo: oferecer, em quatro anos, escola em tempo integral em toda a rede pública

Mário Luiz Guide

53 anos

Partido Socialista Brasileiro (PSB)

Profissão: professor universitário

Vida pública: vereador em Osasco de 1983 a 1992 e de 1997 até hoje. Foi secretário-geral do PSB no estado

Patrimônio declarado: 368.000 reais

Prioridades no governo: criar centros de formação continuada para os professores e acelerar as obras do metrô, introduzindo fontes adicionais de financiamento

Antonio da Cunha Lima

51 anos

Partido Social Democrata

Cristão (PSDC)

Profissão: empresário (dono de postos de gasolina)

Vida pública: foi vice-prefeito de Carapicuíba e deputado federal

Patrimônio declarado: 3,5 milhões de reais

Prioridades no governo: privatizar o sistema penitenciário, unificar as polícias Civil e Militar, além de implantar na rede pública estadual o ensino dos dez mandamentos

Roberto Siqueira Gomes

42 anos

Partido Social Liberal (PSL)

Profissão: analista financeiro

Vida pública: foi vereador em Guarulhos e secretário de Assuntos Legislativos do município

Patrimônio declarado: 343.000 reais

Prioridades no governo: implantar, em parceria com a iniciativa privada, mais cursos técnicos profissionalizantes. Informatizar toda a polícia do estado e oferecer salários melhores aos policiais

Fred Correa

50 anos

Partido Trabalhista Nacional (PTN)

Profissão: advogado e radialista

Vida pública: foi assistente técnico da prefeitura de São Paulo, secretário parlamentar na Câmara Federal e chefe-de-gabinete da subprefeitura de Santana/Tucuruvi

Patrimônio declarado: 250.000 reais

Prioridade no governo: implantar o legalismo. "Significa seguir rigorosamente os ditames da lei, garantindo o cumprimento de direitos básicos, como o acesso à educação, por exemplo"

Cláudio Antonio de Mauro

58 anos

Partido Verde (PV)

Profissão: geógrafo

Vida pública: foi prefeito de Rio Claro de 1997 a 2004

Patrimônio declarado: 142.000 reais

Prioridades no governo: ampliar o período escolar com atividades de cultura, esporte e lazer, investir em saúde preventiva, aumentando o número de equipes no programa Saúde da Família, e integrar as ações das polícias Civil e Militar

Plínio Soares de Arruda Sampaio

76 anos

Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)

Profissão: promotor público aposentado

Vida pública: militou na Juventude Universitária Católica. Foi deputado federal em 1963 e 1964 (cassado pela ditadura militar) e de 1985 a 1989. Participou da fundação do PT, em 1980, e candidatou-se ao Palácio dos Bandeirantes em 1990

Patrimônio declarado: 1 milhão de reais

Prioridades no governo: reduzir a desigualdade social e a pobreza e recuperar o meio ambiente

Pedro Viviani

48 anos

Partido da Mobilização Nacional (PMN)

Profissão: advogado. Foi funcionário público por quinze anos

Vida pública: vereador de Poá de 1989 a 1992 e de 1997 até hoje

Patrimônio declarado: 107.816 reais

Prioridades no governo: recuperar as finanças do estado e melhorar as condições de trabalho dos funcionários públicos

Sarli Jr.

45 anos

Partido dos Aposentados da Nação (PAN)

Profissão: administrador de empresas

Vida pública: é presidente do PAN em Paulínia desde 2001 e coordenador do partido na região metropolitana de Campinas desde 2005

Patrimônio declarado: 769.000 reais

Prioridade no governo: avaliar o trabalho do governo em três pontos: qualidade no atendimento ao público, equilíbrio financeiro e planejamento das atividades das secretarias

Ruy Renato Reichmann

53 anos

Partido de Reedificação da Ordem Nacional (Prona)

Profissão: empresário (é dono de uma editora e de uma livraria)

Vida pública: jamais ocupou cargos administrativos

Patrimônio declarado: 300.000 reais

Prioridade no governo: investir em educação e gestão de pessoal, com treinamento permanente dos funcionários públicos

Fonte: VEJA SÃO PAULO