Mistérios da Cidade

Primeira Fábrica de Cultura é inaugurada neste sábado (19)

São 6.000 metros quadrados, que abrigarão oficinas gratuitas de dança, música, literatura, teatro e papel machê

Por: Maurício Xavier [com reportagem de Catarina Cicarelli e Isabella Villalba]

Fábrica de Cultura - 2209
Atividades: oficinas gratuitas de dança, música, literatura, teatro e papel machê (Foto: Cida Souza)

Está prometida para este sábado (19), na Vila Curuçá, na Zona Leste, a inauguração da primeira Fábrica de Cultura, projeto da Secretaria de Estado da Cultura que terá outras oito unidades, em Cidade Tiradentes, Sapopemba, Itaim Paulista, Brasilândia, Vila Nova Cachoeirinha, Jaçanã, Capão Redondo e Jardim São Luís.

O espaço, com 6.000 metros quadrados, custou 12 milhões de reais e abrigará oficinas gratuitas de dança, música, literatura, teatro e papel machê (foto), para alunos de 7 a 19 anos. “A proposta é levar cultura às regiões com o maior índice de vulnerabilidade juvenil”, diz o secretário Andrea Matarazzo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO