Cidade

Prefeitura estuda fechar a Paulista aos domingos a partir do dia 30

Veículos não poderão transitar na via neste domingo (23). Medida servirá como segundo teste para fechamento definitivo

Por: Veja São Paulo

fernando haddad paulista
O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, anda de bicicleta no trecho recém inaugurado da ciclovia, na Avenida Paulista (Foto: VEJA SÃO PAULO)

A prefeitura de São Paulo estuda fechar a Avenida Paulista para carros, aos domingos, definitivamente. Neste fim de semana, a via será novamente destinada apenas para ciclistas e pedestres.

+ Ciclovia da Avenida Paulista é inaugurada com festa e protesto

Esta é a segunda vez que o principal cartão-postal da cidade tem o tráfego de veículos vetado. A medida ocorre para a abertura da pista exclusiva para ciclistas na Avenida Bernardino de Campos, continuação da Paulista, no sentido Paraíso. O primeiro teste aconteceu em 28 de junho, quando a ciclovia no canteiro central da Paulista foi inaugurada.

De acordo com o prefeito Fernando Haddad (PT), após esse segundo teste, é provável que o fechamento da via aos domingos passe a valer já a partir do dia 30 de agosto.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) realizou estudos técnicos sobre a viabilidade do fechamento da Paulista aos domingos. Segundo a companhia, a medida é “possível e desejável”.

+ Confira as últimas notícias da cidade

A decisão e proibir o trânsito de automóveis na Paulista não tem sido vista com bons olhos por comerciantes da região. A presidente da Associação Paulista Viva, que representa empresários e comerciantes da avenida, Vilma Peramezza, afirmou ao jornal Folha de S.Paulo que o movimento caiu de 30% a 40% no dia em que a via foi fechada. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO