Internet

Polícia Civil comete gafe em post no Facebook com alerta de golpe do IPVA

Postagem exibia documentos verdadeiros como sendo falsos; Secretaria da Fazenda acionou a instituição que deletou a publicação

Por: Adriana Farias

IPVA-polícia civil-postagem-facebook
Ao alertar sobre golpe do IPVA, Polícia Civil diz erroneamente no Facebook que documento acima é falso e o abaixo é verdadeiro: os dois valem (Foto: Reprodução)

Nesta semana, a Polícia Civil cometeu um erro em uma postagem no Facebook ao alertar sobre um golpe do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e causou pavor nos internautas.

+ Como não cair no golpe do IPVA

A publicação feita na página oficial da instituição nesta quarta (6), por volta das 14h, mostrava uma foto (veja acima) com dois documentos de IPVA, dando o primeiro como falso devido ao seu envelopamento e o segundo - com o serrilhado dos lados - como verdadeiro.

A reportagem enviou a postagem para a Secretaria da Fazenda. O órgão apontou que os dois itens são verdadeiros e acionou a Polícia Civil, que apagou imediatamente a publicação.

“O fato do documento vir em um envelope não significa que é fraude, e sim que o contribuinte possui mais de um carro”, explica Erika Yamada, diretora de arrecadação da Secretaria da Fazenda. “Iniciamos o envio de 18 milhões de avisos de vencimento de IPVA, ou seja, é apenas um lembrete do pagamento com informações do veículo e do valor, caso venha um boleto para quitar aí sim trata-se de golpe”.

O imposto pode ser pago de apenas duas formas: pelo site da Secretaria da Fazenda (www.fazenda.sp.gov.br) ou em bancos credenciados com a pessoa tendo em mãos o Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) do automóvel.

+ Haddad propõe eleição direta para subprefeitos

A postagem errônea da Polícia Civil ficou por cerca de uma hora no ar, conseguindo ao menos 2 000 curtidas e 1 500 compartilhamentos. Nos comentários, centenas de internautas postavam apavorados que haviam recebido documentos falsos.

A Polícia Civil informou, em nota, que “a foto foi substituída, tão logo percebeu-se que a imagem utilizada para ilustração do post poderia gerar dúvidas no leitor”.

O órgão instaurou inquérito na terça-feira (5) para investigar golpe no IPVA. A decisão foi tomada após a Secretaria da Fazenda alertar na segunda-feira (4) que boatos circulavam pelas redes sociais a respeito de contribuintes reclamando de receberem falsos boletos para pagamento do imposto, além da existência de páginas na internet que simulam a aparência da página da Secretaria da Fazenda com o objetivo de colher informações do proprietário.

+ Multa por estacionar em vaga de deficiente sobe 140%

“Estamos em contato com a polícia para identificar possíveis pessoas prejudicadas com esse golpe, mas até agora não registramos nenhuma e nem nossa base de dados foi invadida”, afirma Yamada. “Conseguimos localizar um destinatário que postou uma reclamação em vídeo e fomos até a casa dele ver o documento, mas não era golpe. O documento que ele recebeu veio envelopado por ter mais de dois veículos, mas continha todas as informações certas e não trazia boleto".

Fonte: VEJA SÃO PAULO