Diversão

Passeios duplos

Quer aproveitar a saída e visitar dois lugares? Veja as opções

Por: Marcelo Ventura e Helena Galante - Atualizado em

Marquise do Ibirapuera e MAM. Projetada em 1950 por Oscar Niemeyer, a marquise oferece sombra e um piso lisinho para a meninada andar de bike, patins ou skate. Depois, vale dar uma volta pelo Museu de Arte Moderna (terça a domingo e feriados, 10 às 18 horas; R$ 5,50 e grátis para menores de 10 anos e pessoas com mais de 65). Ali, a escultura de bronze Aranha – com mais de 3 metros de altura e 200 quilos –, da artista Louise Bourgeois, salta aos olhos. No feriado do dia 12, às 17 horas, o MAM oferece uma oficina para produção de lanternas de papel, seguida de um passeio pelo Jardim de Esculturas. Anote na agenda: o grupo Palavra Cantada faz um show no auditório nos dias 20 e 21 (informações, 5908-4299). Rec. a partir de 6 anos.

Pinacoteca do Estado, Parque e Estação da Luz. Vá de metrô. Ao descer na Luz, acesse a passagem subterrânea e mostre à meninada os trens na estação erguida pelos ingleses no início do século XX. Depois, atravesse a rua e entre na Pinacoteca (terça a domingo, 10 às 18 horas; R$ 4,00 e grátis aos sábados). Dê um passeio pelo piso térreo para ver as mostras montadas ali e vá ao mezanino conhecer o acervo permanente – as crianças adoram as esculturas. Desça em seguida ao subsolo e dê uma paradinha em frente à colorida Fonte das Nanás, da artista plástica Niki de Saint Phalle. Vá fazer um lanche e depois ande ao ar livre pela praça das esculturas, ligada ao Parque da Luz. Não se esqueça de tirar fotos. Rec. a partir de 6 anos.

Praça da Sé e Centro Cultural Banco do Brasil. Desça no coração de São Paulo de metrô. Ao sair da Estação Sé, procure com a criançada o Marco Zero da cidade: todas as distâncias são registradas a partir dali, bem como a numeração das casas nas ruas e os quilômetros de estradas que levam ao interior e ao litoral. Depois, dê um pulinho na catedral. Da igreja, vá a pé pela Rua Quinze de Novembro e entre na Rua da Quitanda. Siga até o CCBB (Rua Álvares Penteado, 112, 3113-3651). Aos domingos, há visita monitorada pelo belo prédio histórico erguido em 1901 e atividades infantis. Rec. a partir de 6 anos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO