Indoor

Passeios para crianças em lugares fechados

Quando a chuva vier, corra para um dos endereços listados abaixo e se divirta com os pequenos sem se molhar

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Casa de Pedra - capa 2242
Casa de Pedra: paredes de escalada é uma opção de esporte indoor (Foto: Divulgação)

Em janeiro é assim: no meio de um dia ensolarado surgem algumas nuvens e, de repente, as gotas começam a cair. O temporal pode estragar o programa em família e cancelar aquele piquenique no parque, mas nem por isso as crianças devem ficar trancafiadas em casa. Na lista abaixo, você encontra peças, sessões especiais de cinema, oficinas e mais programas bacanas devidamente protegidos de água, de segunda a domingo. Faça sol ou faça chuva, a diversão está garantida:

 

 

  • Instant Article / Serviços

    Sugestões de parques e áreas de recreação infantil em shoppings

    Atualizado em: 30.Mar.2016

    Conheça treze espaços de diversão oferecidos por centros de compras em todas as regiões da cidade
    Saiba mais
  • Cursos

    Cursos divertidos para fazer durante as férias

    Atualizado em: 26.Dez.2013

    Arte, tecnologia, ciência e outras áreas são abordadas em aulas voltadas para os pequenos
    Saiba mais
  • Lojas de roupas

    Piks - Shopping Iguatemi

    Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2232, Jardim Paulistano

    Tel: (11) 3816 3957

    Sem avaliação
  • Museus

    Museu do Futebol

    Praça Charles Miller, s/n, Pacaembu

    Tel: (11) 3664 3848

    7 avaliações

    Impossível não se contagiar de cara com a atmosfera boleira deste museu cravado debaixo das arquibancadas do Estádio do Pacaembu. Todas as atrações são multimídia e interativas. Projetores exibem fotografias gigantes de ídolos como Pelé, Garrincha, Zico e Ronaldo. Numa sala, fotos antigas contextualizam os primórdios do esporte no Brasil. Há muito material em vídeo, mostrando dribles, gols e jogadas marcantes. Quem quiser se aventurar (sobretudo as crianças), pode brincar de cobrar um pênalti e medir a velocidade do chute numa atração ou jogar com uma bola virtual em outra. Duas experiências arrepiam os visitantes: imagens de torcedores incentivando aos berros seus times, projetadas em telões debaixo das arquibancadas, e o acesso para ver (e fotografar, é claro) o gramado verdinho do Pacaembu. Em outra sala, telas em alta definição apresentam a história das copas e a participação da Seleção em cada uma delas. Difícil é sair de lá sem querer gritar “Brasil, Brasil, Brasil”.

    Saiba mais
  • Estação Ciência

    Rua Guaicurus, 1394, Água Branca

    Tel: (11) 3871 6750

    1 avaliação

    Tem como proposta aproximar o universo da ciência ao cotidiano das crianças. Exposições sobre diferentes áreas do conhecimento estão espalhadas por todo o complexo. Uma das atrações que fascinam e divertem a garotada é o gerador de Van der Graaf. A máquina, capaz de armazenar grande quantidade de eletricidade estática, faz com que os cabelos de quem coloca as mãos em sua esfera fiquem arrepiados.

    Saiba mais
  • Museus

    Catavento Cultural e Educacional

    Avenida Mercúrio, s/n, Brás

    Tel: (11) 3315 0051

    14 avaliações

    Entre os dezoito museus administrados pela Secretaria de Cultura do Estado, o Catavento Cultural e Educacional, no Brás, é o mais visitado da capital. As escolas costumam bater cartão no museu educativo Catavento, mas o passeio também fica legal em família. Primeiro ponto para aproveitar: acorde cedo no sábado, dia em que a entrada é grátis. Quem chega lá por volta das 11 horas consegue as senhas para as oficinas mais interessantes do dia. Entre as atividades mais procuradas estão a parede de escada de 7 metros de altura e o estúdio de TV. no espaço Vida, monitores simulam expedições de pesquisa no oceano e abordam a teoria da evolução, de Charles Darwin, de um jeito que entretém adultos e crianças.

    Saiba mais
  • Bibliotecas

    Biblioteca Monteiro Lobato

    Rua General Jardim, 485, Vila Buarque

    Tel: (11) 3256 4122

    1 avaliação
  • Parques de diversão

    O Mundo da Xuxa

    Avenida Das Nações Unidas, 22540, Jurubatuba

    3 avaliações
  • Parques

    Chocomundo

    Avenida Paes De Barros, 778, Mooca

    Tel: (11) 2466 4540 ou (11) 2601 0055

    2 avaliações

    Nos fundos da filial da Mooca da rede de lojas fica uma espécie de parque temático. O espaço recebe apenas escolas durante o ano letivo, mas abre para o público nas férias. Neste mês de julho, visitantes a partir dos 3 anos aprendem sobre a história da guloseima, desde como era a produção do cacau pelos maias e astecas até a chegada do produto à Europa. No fim do passeio de aproximadamente duas horas, a criançada aprende a moldar bombons e, é claro, experimenta o que foi produzido. Atenção para não perder a viagem: é necessário reservar a vaga pelo telefone. Até 2/8/2016.

    Saiba mais
  • A animação belga dá continuidade à história vista dois anos atrás em As Aventuras de Sammy. Desta vez, as tartarugas marinhas Sammy e Ray são capturadas por um pescador que pretende torná-las atrações de um show aquático em Dubai. Inconformada, a dupla de amigos se une a um peixe-bola, uma lagosta, um polvo e uma família de pinguins a fim de bolar um plano para escapar de lá. Estreou em 18/01/2013.
    Saiba mais
  • Parques

    Casa de Pedra

    Rua Venâncio Aires, 31, Perdizes

    Tel: (11) 3879 6800

    VejaSP
    Sem avaliação

    Brincar sozinho não tem graça na Casa de Pedra. A melhor forma de curtir o parque de escalada indoor é acompanhado, seja pelos pais ou pelos instrutores do local. O motivo? É necessário sempre que alguém segure a corda de segurança dos alpinistas. Os iniciantes podem começar se aventurando em duas paredes menores, com cerca de 2 metros cada uma. Elas podem ser desbravadas sem os equipamentos de apoio. Caso o participante se desequilibre e caia, colchões macios estão dispostos para amortecer o impacto. Para conseguir subir cada vez mais alto, além de usar a força nos braços e nas pernas, é preciso estar atento às marcações na parede. Elas indicam o caminho até o topo, distante 14 metros do chão, e são uma forma de medir seu progresso. Outra dica indispensável é usar roupas confortáveis e que deixem as crianças com os movimentos bem livres. Apesar de o local oferecer sapatilhas, a quantidade é limitada — o mais indicado é sair de casa de tênis. Quem tem medo de altura mas quer aprender outra prática esportiva pode testar seu equilíbrio no slackline, uma fita esticada sobre a qual o objetivo é (tentar) caminhar de uma extremidade a outra, sem cair.

    Saiba mais
  • Nas sessões do projeto CineMaterna, mamães com bebês de até 18 meses assistem a filmes recentes em condições adequadas aos menorzinhos. O volume das salas é reduzido, a temperatura está sempre amena, há trocadores de fraldas a postos e, na primeira fila, estende-se um tapete especial para ninguém ficar desconfortável.
    Saiba mais
  • Se só o fato de ir ao cinema já anima a garotada, imagine uma sessão repleta de brincadeiras. É justamente o que rola no CineClubinho. Sempre nas manhãs de domingo, às 11 horas, um filme infantil toma a sala do CineSesc. Para acompanhar o longa-metragem, um grupo de animadores (que varia a cada semana) alegra o público antes e depois da exibição com canções e brincadeiras. Dia 23/10/2016. Exibição do filme:  Toy Story, de John Lasseter.
    Saiba mais
  • Uma mostra de curtas de animação promete atrair crianças de 3 a 9 anos em janeiro e fevereiro no Itaú Cultural. Entre as opções estão Rua das Tulipas, de Alê Camargo,  TamanduAbandeira, de  Ricardo de Podestá, e Josué e o Pé de Macaxeira, de Diogo Viegas. Os filmes têm, no máximo,15 minutos de duração e cada sessão tem 45 minutos. De 19 a 20, 25 a 27/01, 2 e 3/02/2013.
    Saiba mais
  • Animação

    Detona Ralph
    VejaSP
    8 avaliações
    Se o tema aborda, basicamente, o universo dos jogos eletrônicos da década de 80 (ponto positivo para agradar aos marmanjos), há uma menininha muito fofa que vive num mundo megacolorido, atração irresistível para a garotada. Na trama, o grandalhão Ralph é o vilão de um jogo de fliperama chamado Conserta Félix. Dentro da máquina, porém, Ralph sente-se à margem dos outros personagens, mora num lixão e quer ter uma vida melhor. Para isso, decide ir em busca de aventuras. Estreou em 04/01/2013.
    Saiba mais
  • O desenho animado original, de 2006, terminava com o peixinho Pê derrotando o tubarão Troy. Nesta sequência, pouco inspirada, o vilão escapa de uma gaiola com a ajuda do tubarão Ronny e vai atrás de seu inimigo. Feliz da vida, casado e agora pai, Pê se protege em seu recife junto dos amigos. Mas Troy arranja um jeito de infiltrar Ronny por ali, a fim de descobrir os planos de contra-ataque de Pê. Embora fartamente colorida, a animação é apenas mais uma aventura no fundo do mar com a sensação de déjà-vu. Estreou em 02/11/2012.
    Saiba mais
  • A nova animação dos estúdios DreamWorks (de Shrek, Madagascar e Kung Fu Panda, entre outros) traz um grupo formado por Papai Noel, Coelho da Páscoa, Fada do Dente, Sandman e Jack Frost. Esses guardiões têm o dever de zelar pela felicidade das crianças. Mas Pitch, o vilão, quer acabar com a alegria dos protetores fazendo com que a meninada deixe de acreditar na existência deles. Embora alguns desses personagens não sejam familiares à criançada brasileira, a animação traz cenas de ação estupendas realizadas num 3D de qualidade. Só por elas, o programa já vale. Estreou em 30/11/2012.
    Saiba mais
  • Animação que dá sequência à fita de 2006. A história é ambientada em três lugares. Em Noforest, um tamanduá e seu filho vivem aventuras no deserto. Um filhote de joão-de-barro vai fazer intercâmbio nos Estados Unidos e enfrenta o frio de Iceforest. No verão do Brasil, um quati e um jaguar se esbaldam em férias na Vila dos Brichos — este recanto ecológico, porém, fi cará ameaçado com a aparição de dois vilões, dublados por Marcelo Tas e Antonio Abujamra. Estreou em 21/12/2012.
    Saiba mais
  • Pegando carona no lançamento da animação Sammy - A Grande Fuga, o Shopping Tamboré montou uma área com os personagens do filme. Nele, crianças poderão participar de um campeonato de badminton (jogo com peteca e raquetes) ou decorar cupcakes com formatos de animais marinhos. Haverá também uma oficina de como aprender a criar um marcador de livro feito de palitos de sorvete. Numa piscina de bolinhas, as crianças poderão treinar seus conhecimentos em coleta seletiva separando o "lixo do mar". E para quem gosta de videogame, a dica é se arriscar numa partida de Wii. O espaço ainda conta com um navio cheio de passagens secretas decoradas com a Sammy e seus amigos. De 18/01 a 03/02/2013.
    Saiba mais
  • Em sua 23ª edição, o evento traz sete peças com apresentações diárias. Toda segunda, pode-se ver ✪✪✪ Alice - O Musical, dirigida por Max Oliveira. Às terças, sobe ao palco o elenco de Marcelo, Marmelo, Martelo e Outras Histórias, adaptação de Marcelo Peroni para o texto de Ruth Rocha. Com formato de saga musical e trilha sonora inspirada em clássicos de Pink Floyd, Beatles e Queen, A Bela Adormecida — Uma Ópera Rock, sob o comando de Daniela Biancardi, tem vez às quartas. No dia seguinte, ganha exibição Piratas do Caramba, de Rafael Pequeno. No fim da semana, às sextas, ✪✪✪ Pinocchio ocupa a cena com os atores da Cia. Urbana de Teatro. Aos sábados e domingos, às 16 horas, é possível assistir à ✪✪✪ Rapunzel, da Cia. Le Plat du Jour. Na sequência, às 17h50, a Imago Cia. de Animação encerra a programação com a ótima ✪✪✪✪ Pedro e o Lobo. De 4/7/2015 a 31/7/2015.
    Saiba mais
  • Adaptação do Grupo Sobrevento para o texto da escritora inglesa Virginia Woolf. Ao bordar uma grande cortina azul com figuras de animais, uma babá (Giuliana Pellegrini) pega no sono. Enquanto brinca na sala, o menino (Marcelo Paixão) aproveita para recolher o tecido e começa a imaginar que os bichos ganharam vida. Com a técnica do teatro de sombras, os precisos manipuladores Anderson Gangla, Agnaldo Souza, Marcelo Paixão e Giuliana Pellegrini representam de maneira graciosa um elefante, uma girafa, dois pinguins e outros personagens coloridos. Eles saltam do pedaço de pano e montam um cenário de uma alegre aldeia. Despertam curiosidade na garotada os momentos em que Marcelo Paixão, como num passe de mágica, parece retirar algumas das silhuetas de trás da tela onde surgem as sombras. Estreou em 07/05/2011. Até 28/04/2013.
    Saiba mais
  • De Carina Prestupa e Thaís Póvoa. Nada faz muito sentido neste espetáculo da Cia. Lona de Retalhos. Ao lado de Jerônimo, um cavalo que tem cara de galinha, as palhaças Chocolate (Thaís Póvoa) e Batatinha (Carina Prestupa) aguardam ansiosas pela chegada do tal Gordô — mesmo sem saber bem quem ele é ou quando vem. Surpreendentemente, o toque absurdo baseado em Esperando Godot, do irlandês Samuel Beckett (1906-1989), ganha a simpatia das crianças. Brincadeiras com comida, piadas ingênuas e gags circenses garantem boas risadas. Estreou em 03/08/2008. Até 01/02/2013.
    Saiba mais
  • De Beto Andreetta. Nos moldes de Bichos do Brasil, de 2001, a companhia Pia Fraus conta com os inventivos bonecos criados por Dino Soto e Sidnei Caria para retratar a relação entre os animais e suas proles. De uma oca de 3,5 metros de altura saem todos os bichos — e até índios —, confeccionados com fibras, bucha vegetal, madeira e outros materiais naturais. Um misto de humor e fofura rege a trama sem diálogos, que inclui um grupo de sapos desafinados. Num dos momentos mais marcantes, a oca se transforma no casco de uma grande tartaruga. Estreou em 26/09/2009. Até 24/02/2013.
    Saiba mais
  • De Carla Candiotto e Rodrigo Matheus. Levada pela Cia. Circo Mínimo, a montagem mostra os apuros nos quais se mete o crocodilo Jucazécaju (papel de Cafi Otta). O réptil descobre que na verdade é um dragão e, de uma hora para outra, precisa aprender a usar suas asas para salvar dos caçadores as amigas Jaca (Manoela Rangel) e Jéca (Luciana Menin). Com cenário e figurino coloridos, a peça mexe com as crianças, todas elas ficam impacientes nas poltronas tentando ajudar Juca em sua missão. Composta por Hélio Ziskind e Ivan Rocha, a música de encerramento do espetáculo tem tudo para grudar na cabeça dos espectadores. De 26/01/2013 a 31/03/2013.
    Saiba mais
  • Encantadora, a fábula musical do compositor russo Sergei Prokofev ganha vida e (muitas) cores pelas mãos dos hábeis manipuladores da Imago Cia. de Animação. A trama apresenta um menino que desobedece ao avô e foge para a foresta na companhia de um pato, um gato e um passarinho. Lá, encontra um lobo feroz e tem de usar a inteligência para se safar e salvar os amigos. Recomendado a partir de 3 anos. Estreou em 3/1/2004. Até 1º/5/2016.
    Saiba mais
  • De Henrique Sitchin. A Cia. Truks ganhou reconhecimento pelo ótimo trabalho na animação de bonecos e objetos, e nesse espetáculo a trupe retoma o bem-sucedido formato. Apesar da destreza dos manipuladores, o destaque aqui fica para a tocante história sem diálogos. Tudo se passa em uma vila de pescadores, onde um menino e uma menina nascem no mesmo dia e se tornam grandes amigos. Mais crescidos, eles se apaixonam. Um dia, a garota recebe a notícia de que precisa morar longe e o jovem, desiludido, passa a vida inteira sofrendo de saudade. Já idoso, contudo, ele resolve ir atrás dela. Criados por Dalmir Rogério Pereira, os bonecos passeiam por diversos cenários litorâneos. No encantador momento no qual eles mergulham no mar, representado por sacos plásticos transparentes, os protagonistas parecem reais. Isso só é possível graças à habilidade dos manipuladores Aguinaldo Rodrigues, Jorge Miyashiro, Kely de Castro, Luciana Semensatto, Rogério Uchoas e Sandra Lessa, que dão vida ao casal enamorado. Estreou em 21/10/2012. Até 27/01/2013.
    Saiba mais
  • Criação coletiva da Cia. Contos em Cantos. Uma dona de casa, vivida por Camila Cassis, pede a seus empregados que busquem água no poço para matar a sede num dia de muito calor. Quando todos falham na missão, ela vai raivosa para a cidade com o objetivo de encontrar novos funcionários, mais dedicados e comprometidos. Ao avaliar cuidadosamente as características dos candidatos, porém, ela percebe certo exagero em sua reação. Usando a história principal como ponto de partida, o texto envereda por outros contos. Sobressai o da Galinha Vidente (papel da cômica Natália Grisi). Ela tem o poder de atender a pedidos com a sua incrível capacidade de ler a mente alheia. Mais um bom momento é o do rapaz que tem pavor da morte. Interpretado por Bebel Ribeiro, o sujeito provoca risos na plateia ao revelar a sua paranoia. O cenário simples funciona. Formado por caixas plásticas amarelas e objetos como vasos, vassouras e panelas, ele se modifica ao ser montado e desmontado no palco. Junto dessa movimentação, o entra e sai constante de personagens transforma a peça numa espécie de coreografia muito bem ensaiada. Priscila Harder completa o elenco. Estreou em 07/07/2012. Até 03/03/2013.
    Saiba mais
  • O grupo mostra o espetáculo AbraKdabra. Ao longo de duas horas, cinquenta artistas se revezam em números de acrobacia e equilíbrio — às vezes, nota-se uma certa falta de sincronia nos movimentos. Cabe ao ilusionista Richard Tihany liderar o momento que agrada a todas as faixas etárias. Ele faz com que um helicóptero apareça no palco. Até 14/04/2013.
    Saiba mais
  • Adaptação musical de Chico Buarque para a peça de Sérgio Bardotti e Luiz Enriquez. Com figurinos coloridos, Rosy Aragão (de voz grave e macia), Juliana Romano e Marcelo Diaz dão vida aos  animais dispostos a fugir dos maus-tratos dos patrões. Além das conhecidas canções originais, entre elas História de uma Gata e A Cidade Ideal, trechos de outras composições ganham menções. Versos como “hakuna matata”, da animação O Rei Leão, arrancam gargalhadas das crianças. Beatriz, pinçada do balé O Grande Circo Místico, de Chico e Edu Lobo, emociona os saudosos adultos na plateia. Recomendado a partir de 3 anos. Estreou em 04/10/2008. Até 18/12/2016.
    Saiba mais
  • Sabia que o maior velociraptor já encontrado estava enterrado no Brasil? E que, na verdade, o Dilofossauro não cospia veneno, ao contrário do que aparece no filme Jurassic Park (1993)? Essas e outras curiosidades são contadas pelos monitores da exposição, que traz uma floresta repleta de dinossauros. O passeio começa com um filme em 5D não muito empolgante. Depois, o visitante é levado para acompanhar de perto o movimentos dos olhos, cauda e a respiração de nove espécies de animais pré-históricos. Vindos da Itália, os bichões impressionam principalmente as crianças mais crescidas. Prorrogada até 28/02/2013.
    Saiba mais
  • A mostra propõe uma imersão do público no universo do circo, apresentando um panorama de sua história, principalmente no Brasil, com espaços expositivos divididos nos seguintes núcleos: Artes do Circo, Destaques (Artistas, Famílias e Circos), Linha do Tempo, Saberes do Circo e Café dos Artistas. Nesses segmentos estarão distribuídos objetos raros que remontam à história da mais popular das artes cênicas e sua origem, além de vídeos, áudios, fotos e uma maquete gigante representando as artes e saberes do circo. A partir do dia 12/12/2012. Até 28/02/2013.
    Saiba mais

Fonte: VEJA SÃO PAULO