Crime

Mortos outros dois suspeitos de atirar em garoto boliviano

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) confirma que dois corpos encontrados pela polícia em 7 de julho correspondem a suspeitos de envolvimento no crime

Por: Redação VEJINHA.COM - Atualizado em

Outros dois suspeitos de atirar no boliviano Brayan Yanarico, de 5 anos, em 28 de junho, foram encontrados mortos em São Paulo.

O corpo de Diego Rocha Freitas de Campos, 20 anos, foi reconhecido na tarde de ontem (11) por seu pai através de fotos armazenadas pelo Instituto Médico Legal (IML). Outro suspeito, Wesley Soares Pedroso, também teve seu corpo reconhecido pela família na última terça (10).

Eles foram encontrados mortos no dia 7 de julho, no bairro do Jaçanã, Zona Norte. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), naquele dia, os corpos estavam em locais próximos. Eles são o terceiro e quarto suspeitos mortos. 

Paulo Ricardo Martins e Felipe dos Santos Lima, que estavam presos, já haviam sido achados mortos em uma cela do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Santo André em 30 de agosto.

A quinta pessoa suspeita de envolvimento no assalto que levou à morte do garoto, um adolescente, permanece na Fundação Casa.

Brayan Yanarico Capcha
Garoto Brayan Yanarico Capcha foi morto com um tiro na cabeça (Foto: Reprodução TV/ Rede Globo )

- Brayan Yanarico

O garoto Brayan Yanarico Capcha, 5 anos, foi morto em 28 de junho deste ano durante um assalto à sua casa em São Mateus, na Zona Leste.

De acordo com a família, irritado, um dos cinco assaltantes atirou no garoto que chorava copiosamente durante o assalto.

Fonte: VEJA SÃO PAULO