Cinema

Clã pré-histórico diverte crianças e adultos na animação 'Os Croods'

Em pré-estreia na cidade, novo desenho do diretor de Como Treinar Seu Dragão conquista com ação incessante e bom humor

Por: Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em

Os Croods
Os personagens do desenho animado: técnica impecável e roteiro afiado (Foto: Divulgação)

Pela excelente qualidade, as animações ganharam nos últimos anos status de live action (os filmes com atores). É bem provável que hoje, por exemplo, o espectador espere ansioso pelo novo desenho da produtora Pixar e não pela nova aventura do astro Tom Cruise. Além da técnica cada vez mais perfeita, os roteiros mantêm-se há tempos afiados. Uma prova dessa combinação é o divertido Os Croods, em pré-estreia na cidade.

A fita começa com a narração de Eep. Essa jovenzinha conta que todas as famílias da pré-história foram dizimadas por doenças ou pelo ataque violento de animais gigantes. Só restaram os Croods, o clã do qual ela faz parte e cujo pai, Grug, raciociona com a força dos músculos. Completam o grupo sua mãe, a avó materna, o medroso irmão Tunk e a bebê troglodita Sandy. Eep acredita que seu universo não se resume à caverna onde eles se escondem e hibernam no escuro por dias e dias. Para confirmar a tese, surge o mocinho Guy, um tipo descolado que, entre outras “modernidades”, sabe fazer fogo, algo jamais visto pelos Croods. Resistente a qualquer tipo de aventura fora de seus domínios, Grug se vê obrigado a partir com todos após sua moradia ser destruída. Daí em diante, eles descobrem um admirável mundo novo, repleto de maravilhas da natureza e também de perigos na forma de monstros horrendos.

O bacana das animações está no talento dos criadores em deixar a imaginação para lá de solta — a trama leva a assinatura do diretor Chris Sanders, o mesmo do adorável Como Treinar Seu Dragão. Aqui, não há compromisso com a realidade histórica, e sim com a ação incessante e o bom humor. De tom espirituoso e esperteza adulta (vide as deliciosas piadas de sogra), o roteiro, cheio de bichinhos e bichões que surgem de todos os lados, deixa a criançada acesa.

AVALIAÇÃO: ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO