Mistérios da Cidade

A origem do nome de alguns dos bairros da capital

O Chora Menino, por exemplo, seria por causa de uma mulher sinistra que jogava bebês em um vale para serem devorados por animais; veja outros

Por: Alessandra Freitas

Visitantes no Parque da Aclimação
Parque da Aclimação (Foto: Jair Magrio)

Você sabe de onde veio o nome do bairro onde mora? Pesquisamos alguns deles e descobrimos origens curisosas. Confira:

Aclimação

Foi inspirado no Jardin d’Acclimatation, de Paris.

Ana Rosa

Homenagem à filantropa Ana Rosa de Araújo Galvão (1787-1860).

+ Bar Filial promove festival de caipirinhas com bartenders badalados

Bixiga

Há três teorias para o nome. A primeira é que teria sido dado pejorativamente devido aos portadores de varíola (bexiga) que buscavam refúgio na região. Outros defendem que é uma homenagem a Antonio Bexiga, dono de uma estalagem no pedaço. A terceira hipótese sustenta que o nome teria vindo de um matadouro que vendia bexigas, localizado na Rua Santo Amaro e inaugurado em 1773.

Casa Verde

No século XIX, havia na região uma propriedade enorme, que pertencia a José Arouche de Toledo Rendon. O militar tinha sete irmãs solteiras, que ficaram conhecidas como “as meninas da casa verde”.

Chora Menino

Remonta à história de que havia por lá uma casa onde residia uma mulher sinistra. Ela era conhecida por jogar bebês abandonados em um vale para serem devorados por animais. O grito das crianças teria dado origem ao nome.

Igreja de Nossa Senhora de Achiropita, no bairro do Bixiga
Igreja de Nossa Senhora de Achiropita, no bairro do Bixiga (Foto: Sergio Berezovsky)

Freguesia do Ó

Surgiu em 1580, quando o bandeirante Manoel Preto escolheu o lugar para construir a sede da sua fazenda. Devoto de Nossa Senhora da Esperança, construiu uma capela para a santa. Na novena dedicada a ela, são feitas sete antífonas que começam com o invocativo “Ó”, razão pela qual a santa também ficou conhecida como Nossa Senhora do Ó.

Mooca

No século XVI, quando os primeiros habitantes brancos começaram a construir casas na região, os índios, curiosos, teriam exclamado a palavra mooca (moo= faz; oca= casa).

Morro dos Ingleses

Em 1886, quando vários britânicos vieram trabalhar na São Paulo Railway, eles encontraram chácaras desabitadas no alto do Bixiga e conseguiram uma concessão da prefeitura para transformar uma das propriedades no São Paulo Country Club, em 1901. A presença dos estrangeiros acabou dando nome ao bairro.

+ Bar Jazz nos Fundos reabre como parte de centro cultural

Penha

Veio da construção da Igreja Nossa Senhora da Penha, erguida em meados de 1660 por Mateus Nunes Siqueira.

Tatuapé

Em 1560, uma expedição do bandeirante Brás Cubas chegou ao planalto e encontrou o ribeirão Tatuapé. Na língua indígena, o nome significa “caminho do tatu”. Ao seguir o curso do rio até a foz, o grupo deparou com o Rio Grande (o Tietê) e se instalou no local.

Fonte: VEJA SÃO PAULO