Concertos

Ópera de Wagner terá apenas versão concerto no Teatro Municipal

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Menu para a ópera “Crepúsculo dos Deuses”
Cena de 'Crepúsculo dos Deuses', de Wagner, no Teatro Municipal, em 2012 (Foto: Divulgação)

O Teatro Municipal anunciou em seu site oficial que a ópera O Ouro do Reno, do alemão Richard Wagner, será apresentada apenas em versão concerto, ou seja, sem produção e figurino, ao invés da montagem completa, que seria dirigida por André Heller-Lopes. Ainda não foi divulgada pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo nenhuma justificativa para a alteração. As datas das récitas permanecem as mesmas (9, 12, 14 e 16 de novembro) e quem comprou ingresso pode pedir o ressarcimento na bilheteria do teatro.

+ Óperas do Teatro Municipal ainda têm ingressos à venda

O Ouro do Reno é a primeira das quatro óperas da tetralogia O Anel do Nibelungo, de Wagner. O Municipal vem encenando o ciclo com direção de Heller-Lopes e regência do maestro Luiz Fernando Malheiro desde 2011, quando foi encenada A Valquíria, segunda parte da obra. Em 2012 foi a vez da quarta e última parte, Crepúsculo dos Deuses. O Anel se completa com Siegfried.

Leia abaixo a íntegra do comunicado:

O Ouro do Reno terá apresentações em forma de concerto

Datas permanecem inalteradas

A Fundação Theatro Municipal de São Paulo decidiu transformar a montagem da ópera O Ouro do Reno, de Richard Wagner, em apresentações sob a forma de concerto.As datas dos concertos serão as mesmas programadas para as récitas da referida obra.O objetivo da Fundação Theatro Municipal de São Paulo é manter o elenco anunciado em sua integralidade, assim como a direção musical do Maestro Luiz Fernando Malheiro.O público que adquiriu seu ingresso terá a opção de ressarcimento na bilheteria do Theatro Municipal.

Fundação Theatro Municipal de São Paulo

Fonte: VEJA SÃO PAULO