Memória

O mentor do Hospital Sírio-Libanês

Um dos médicos mais respeitados do país, Daher Elias Cutait faria 100 anos

Por: Mauricio Xavier

Daher Elias Cutait 1
Em 1950, no HC (à esq.): especialista em cirurgia digestiva (Foto: Acervo Raul Cutait)

Filho de imigrantes libaneses, Daher Elias Cutait nasceu na capital em 28 de setembro de 1913. Por influência da família materna, que contava com vários profissionais do ramo, formou-se em 1939 pela Faculdade de Medicina da USP, da qual virou professor em 1943, lecionando ali por quatro décadas. Em 1960, desenvolveu uma técnica cirúrgica para tratamento de câncer intestinal — a “operaçãode Cutait” —, até hoje em uso.

Daher Elias Cutait 2
Já diretor do hospital: mais de cinquenta anos na medicina (Foto: Acervo Raul Cutait)

Foi também o mentor da criação do Hospital Sírio-Libanês, em1965, e ocupou o cargo de diretor clínico da instituição por 35 anos. Presidiu diversas entidades, como a Federação Latino-Americana de Cirurgia, entre 1977 e 1982. É autor de três livros sobre sua área e da autobiografia Um Médico, uma Vida, publicada em 2000. Morreu de câncer em 6 de junho de 2001 e, naquele ano, o Túnel 9 de Julho, que passa sob a Avenida Paulista, ganhou seu nome.

Daher Elias Cutait 3
Na formatura: em 1939 (Foto: Acervo Raul Cutait)

Fonte: VEJA SÃO PAULO