Crise Hídrica

Nível dos reservatórios volta a subir após chuvas de sexta-feira

Sabesp registrou alta de 0,2% no índice do sistema Cantareira

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Cantareira
Carro abandonado no reservatório Cantareira (Foto: Luis Moura/WPP/Folhapress)

Após as chuvas que caíram sobre a capital e a região metropolitana nesta sexta-feira (13), o sistema Cantareira subiu de 14,3% para 14,5% de sua capacidade. Durante os catorze dias de março, o reservatório já recebeu 138,6 dos 178 milímetros de chuva previstos para o mês.

+ Conheça cinco roteiros do além na capital

Boletim divulgado pela companhia neste sábado(14) mostra que as precipitações também constribuíram para a elevação dos outros sistemas. Todos as represas administradas pela Sabesp tiveram alta do nível de seus reservatórios.

Agora o principal responsável pelo abastecimento da capital, o Guarapiranga teve alta de 1 ponto percentual, passando de 72,8% para 73,8%. Já o Alto Tietê apresentou elevação de 0,4 ponto percentual e chegou a 21% da capacidade.

O sistema Rio Grande, do qual a Represa Billings faz parte, também subiu 1 ponto percentual e registra agora 96,1%. Alto Cotia chegou a 54,2% e o Rio Claro subiu apenas 0,2%, operando com 40,2% de sua capacidade.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO