Comportamento

“Não estou mais conseguindo trabalhar”, diz galã do metrô

Escolhido em enquete como o segurança mais gato, Guilherme Leão, 22, reclama do assédio das fãs e já tem ensaio sensual agendado

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM.BR - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Ele nega os boatos de que esteja sendo transferido de estação (hoje trabalha na Sé), mas depois de todo o assédio que recebeu ao ser escolhido em enquete da VEJINHA como o segurança mais gato do metrô, na última semana, Guilherme Leão, 22, reconhece que ficou difícil exercer sua atividade como antes. Por isso, o seu futuro na companhia ainda é uma incógnita.

Segurança gato do metrô vira meme na internet; veja as melhores piadas

“Não estou conseguindo trabalhar por causa do assédio: me pedem fotos, autógrafos, entrevistas”, conta. “Já estão até me reconhecendo sem uniforme!”, diz ele.

Quem é o melhor: o galã da linha amarela ou o galã da linha azul?

Guilherme, que fará o primeiro ensaio sensual depois da fama repentina na próxima segunda (24), conta que ainda não sabe se continuará na mesma função e local. Segundo o rapaz, o Departamento de Segurança da empresa já o informou que irão reunir para definir a situação. “Só estão esperando a poeira baixar."

Fonte: VEJA SÃO PAULO