Shows

Nana Caymmi: sem poupar corações

Com 70 anos de idade e cinquenta de carreira, cantora volta para emocionar a plateia

Por: Carol Pascoal - Atualizado em

Nana Caymmi
A cantora: três apresentações no Sesc Pinheiros (Foto: Divulgação)

Em janeiro, a carioca Nana Caymmi fez um trio de apresentações arrebatadoras no Sesc Vila Mariana, todas com ingressos esgotados. Entre sexta (2) e domingo (4), ela retorna, desta vez no Sesc Pinheiros, para três exibições e mostra por que é considerada uma das mais importantes intérpretes do país. Calcado em seu disco mais recente, “Sem Poupar Coração” (2009), o show emociona tanto a plateia quanto Nana. Seus comentários bem-humorados, porém, quebram o clima de comoção. Com a voz grave e afinada de sempre, ela repassa temas como “Não Se Esqueça de Mim” (Roberto e Erasmo Carlos), “Contradições” (Cristovão Bastos e Aldir Blanc) e “Se Queres Saber” (Peterpan). De seu pai, Dorival Caymmi, aparecem Acalanto, Dora e outras pérolas.

+ Filme de Georges Gachot traz apresentações de Nana Caymmi

+ Conheça seis novas cantoras da cidade

+ Xaveco Virtual: nossa ferramenta para paquerar no Twitter

No auge dos 70 anos, a cantora ganhou um tributo em abril com a estreia do documentário “Nana Caymmi em Rio Sonata”. O diretor francês Georges Gachot narra a vida da homenageada e os seus cinquenta anos de carreira. Além de acompanhá-la, ele reuniu depoimentos de gente como Milton Nascimento, Gilberto Gil, Erasmo Carlos, João Donato — e a lista segue. Quem assistiu certamente ficou curioso para ver ou rever a diva ao vivo. Como os espetáculos de Nana estão cada vez mais raros, esta é uma boa oportunidade. No palco, Cristovão Bastos (piano), João Lyra (violão), Jurim Moreira (bateria) e Jorge Helder (baixo) acompanham a estrela.

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO