Gente

De biquíni, Xuxa posta foto em pose de ioga e faz sucesso na internet

Apresentadora da Record, de 52 anos, está em Curaçao, no Caribe, para gravações de seu programa na Record 

Por: Veja São Paulo

Xuxa
A apresentadora Xuxa Meneghel, que assinou com a Record no começo deste ano (Foto: Divulgação)

Com 52 anos, Xuxa parece estar com tudo em cima. No início da tarde desta quarta (8), a apresentadora da TV Record postou uma foto em sua página oficial do Facebook onde aparece praticando ioga em uma praia. Ela está em Curação, no Caribe, para gravações de seu programa. 

+ Xuxa procura emprego em chamada de programa na Record

De biquíni, ela apresentou boa forma e foi elogiada pelos internautas. "E esse corpo? Melhor que o meu que só tenho 20 anos", disse uma das seguidoras. "Só uma rainha para fazer está bravura. Gostei", comentou outro.

xuxa
Xuxa postou foto na tarde desta quarta (8) (Foto: Reprodução Facebook)

Alguns também mostraram preocupação com os exercícios de Xuxa. "Mulher, tu acabou de conseguir um emprego, te preserva", escreveu uma das internautas. 

+ Xuxa publica foto ao lado da mãe diagnosticada com Parkinson

A ex-Rainha dos Baixinhos é uma das celebridades mais participativas das redes sociais. Duas semanas atrás, uma mãe escreveu um texto fazendo um apelo à “rainha”. “Xuxa, na inauguração da Casa X em Uberlândia, o Otávio Mesquita levou minha filha Lowise para tirar fotos com você. Ela fazia tratamento oncológico e eu não recebi as fotos. Ela faleceu e eu preciso das fotos, por favor”, escreveu Larissa Maciel.

+ “Vou aprender a fazer programa ao vivo”, afirma Xuxa

Ela impressionou ao responder o pedido e enviar as fotos. “Larissa…Sinto muito pela sua perda, meu sobrinho que deve ter tirado…Você pode me mandar uma foto dela pra eu procurar no arquivo de fotos…Por favor”, escreveu Xuxa.

Recentemente, a apresentadora trocou a Globo pela Record. O ex-diretor da emissora carioca, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, chegou a dizer que "Xuxa fez besteira" ao realizar a troca.

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO