Cidades

Estudante da USP é enterrada em São Bernardo do Campo

O corpo estava caído em um fosso de uma construção abandonada

Por: Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em

Paço das Artes
A construção abandonada onde a estudante foi encontrada fica ao lado do Paço das Artes (Foto: Divulgação)

A estudante Bruna Barboza Lino, de 19 anos, aluna de Letras da Universidade de São Paulo (USP), foi enterrada na manhã desta segunda-feira (16) no Cemitério Vila Pauliceia, em São Bernardo do Campo. Bruna foi encontrada morta na madrugada de domingo (15) em uma construção abandonada próxima à Cidade Universitária, na Zona Oeste da capital.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a Polícia Militar foi acionada por volta das 4h15 pela guarda universitária do campus. Ao chegar ao local, a PM constatou que a garota havia caído no fosso e já estava morta.

bruna barboza lino
A estudante Bruna Barboza Lino estava no primeiro ano do curso de letras da USP (Foto: Reprodução/ Facebook)

Em depoimento à Polícia Civil, amigos de Bruna disseram que estavam saindo de uma festa quando resolveram ir até o prédio em construção para “esperar o tempo passar”. No local, Bruna disse a uma amiga que se ausentaria para ir ao banheiro. Na sequência, o grupo ouviu um grito. Ela caiu no fosso, de uma altura de aproximadamente três andares. 

Segundo a assessoria de imprensa da universidade, a construção abandonada que fica ao lado do Paço das Artes, não pertence à USP, mas ao Instituo Butantã. Em nota, a USP lamentou o ocorrido.O delegado de plantão foi até o local e constatou que havia uma fita de contenção no andar.

O caso foi registrado como morte suspeita e será encaminhado ao 91º Distrito Policial.

Fonte: VEJA SÃO PAULO