Cidade

Motociclistas fecham Avenida 23 de Maio durante manifestação

O protesto, organizado pelo sindicato da categoria, é contra a redução de velocidade nas vias da cidade

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

PROTESTO MOTOCICLISTAS
Motociclistas tomam Avenida 23 de Maio nesta terça (23) (Foto: Ana Luiza Cardoso)

Centenas de motociclistas fecharam na tarde desta terça-feira (23) a Avenida 23 de Maio nos dois sentidos, na altura da sede da Prefeitura de São Paulo, causando congestionamento e transtorno aos motoristas que passavam pelo local.

O ato, organizado pelo Sindicato dos Mensageiros Motociclistas, Ciclistas e Mototaxistas Intermunicipal do Estado de São Paulo (SindimotoSP), teve o objetivo de protestar contra a redução da velocidade em vias da cidade - algumas limitadas a 50 quilômetros por hora - e o que eles chamam de "indústria das multas".

+ Médicos residentes da Santa Casa entram em greve

A bordo de um carro de som, que conduzia os motociclistas pela avenida, os dirigentes do sindicato disparavam críticas à prefeitura, dizendo que devido à redução da velocidade e também à implantação de radares na cidade, esses profissionais estão perdendo seus empregos. 

+ Confira as últimas notícias 

A manifestação vai contra medidas que, na verdade, teriam aumentado a segurança dos motociclistas. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), as mortes de motociclistas em acidentes tiveram queda de 15,9% na comparação entre os 12 meses de 2014 e o mesmo período do ano passado. 

Outros dados, da Secretaria de Segurança Pública, também mostram redução de 33% no número de mortes no trânsito desde 2014, na comparação dos seis primeiros meses de cada ano. Foram 275 casos em 2014, 217 em 2015 e 184 em 2016. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO