Crianças

Sesc Pompeia recebe a Mostra de Repertório da Cia. Truks

Craque em teatro de animação, grupo surpreende público com movimentos precisos inspirados na técnica japonesa do "bunraku"

Por: Meriane Morselli - Atualizado em

Cia. Truks 2199
Manipuladores em ação na peça "Gigante" e personagem de O Senhor dos Sonhos (Foto: Henrique Sitchin)

Embora os manipuladores fiquem todos à vista da plateia, os bonecos parecem ter vida própria nos espetáculos da Cia. Truks. Competente, a trupe formada em 1990 por Henrique Sitchin, Verônica Gerchman e Cláudio Saltini desenvolveu sua linguagem inspirada na técnica japonesa do “bunraku”, na qual três atores animam simultaneamente um personagem. O resultado são movimentos precisos. Uma boa chance de conhecer ou rever oito espetáculos do grupo está na mostra em cartaz no Sesc Pompeia até o fim de fevereiro.

Cia. Truks 2199
Bonecos ganham vida com a Cia. Truks (Foto: Henrique Sitchin)

A cada semana, uma peça do grupo ganha a cena. “Cidade Azul”, que narra a história de duas crianças de realidades sociais muito diferentes, abre a programação neste sábado (8) e no domingo (9). Em seguida, tem vez “Gigante”, sobre estranhos acontecimentos num vilarejo onde os moradores perderam seus anseios e memórias. A história de um escritor bem-sucedido e extremamente sonhador é o tema de “O Senhor dos Sonhos”, apresentada nos dias 22 e 23. Uma das melhores montagens da Truks, “Zoo-Ilógico” encerra o mês. Na trama, dois meninos vão ao zoológico e encontram o parque fechado. O elenco prende a atenção da criançada ao transformar bules, pratos e outros objetos em animais. Em fevereiro ainda tomam o palco “Os Vizinhos”, “A Bruxinha” (também em cartaz no Sesc Vila Mariana), “E Se as Histórias Fossem Diferentes” e “Vovô”.

Fonte: VEJA SÃO PAULO