Luto

Corpo de Luciano do Valle é enterrado em Campinas

Locutor que narrou dez Copas do Mundo viajava para acompanhar um jogo em Uberlândia, Minas Gerais, quando passou mal dentro do voo

Por: Redação VEJASÃOPAULO.COM - Atualizado em

luciano do valle
Luciano do Valle morreu em uma viagem para Minas Gerais (Foto: Reprodução)

O corpo do narrador esportivo Luciano do Valle foi enterrado no Cemitério Parque Flamboyant, em Campinas, na tarde deste domingo (20). Ele foi velado na Câmara Municipal desde as 8h. O locutor morreu ontem, por volta das 16h15, depois de passar mal em um avião a caminho de Uberlândia, Minas Gerais. A morte súbita foi causada por um infarto agudo no miocárdio. O jornalista viajava para a cobertura de um jogo entre o Atlético-MG e Corinthians pelo Campeonato Brasileiro. 

+ Atletas e jornalistas homenageiam o locutor Luciano do Valle

De acordo com o jornalista Fernando Fernandes, que estava com ele, antes de entrar no avião, o locutor reclamou de dores nas costas. Durante o percurso, Luciano do Valle passou mal e foi socorrido por um médico que estava no voo. Ao desembarcar, uma ambulância o esperava no aeroporto. Ele foi levado ao  hospital Santa Genoveva, onde chegou com vida, mas não resistiu. 

+ Estrela da Band, Datena é um dos mais bem remunerados da televisão

Emocionado, Fernando Fernandes falou sobre a carreira e a importância do jornalista esportivo, que se preparava para narrar sua 11ª Copa do Mundo. "Ele trouxe cidadania ao esporte brasileiro. Luciano acreditava que o esporte era importante para a educação dos brasileiros. Ensinou a gente a gostar mais do Brasil."

O último jogo narrado pelo locutor foi a final do Campeonato Paulista, entre Ituano e Santos, em 6 de abril.

50 anos de carreira

Nascido em Campinas, Luciano do Valle começou a carreira em 1963, aos 16 anos, como locutor da campinense Rádio Brasil. Quatro anos depois, se mudou para São Paulo, para trabalhar na Rádio Gazeta. Em 1971, passou a narrar esportes na Rede Globo, empresa em que trabalhou por 11 anos. Em 1983, foi para a TV Bandeirantes, onde permaneceu até 2003. Após um período de três anos fora da emissora, ele retornou em 2006. Neste ano, preparava-se para cobrir a Copa do Mundo, sua 11ª participação no Mundial, em junho próximo.

O narrador esportivo foi um dos principais entusiastas dos esportes olímpicos. Na década de 80, ganhou o apelido Luciano do Vôlei, por incentivar o time que ganhou a medalha de prata nas Olimpíadas de Los Angeles de 1984. Foi responsável pelo apelido da dupla mais famosa do basquete brasileiro: Magic Paula e Rainha Hortência. No boxe, o narrador lançou Maguila.

No início de 2012, ele teve um acidente vascular cerebral (AVC) que o obrigou a passar por sessões de fonoaudiologia, para reaprender a falar. O narrador não se afastou das transmissões e não pensava em se aposentador. Uma operação na bexiga o tirou da cobertura dos Jogos de Londres de 2012 pela Bandsports. Luciano do Valle deixa a esposa Flávia do Valle, quatro filhos e dez netos.

Fonte: VEJA SÃO PAULO