Rio de Janeiro

Medalhista nos Jogos Pan-Americanos, Sarah Corrêa tem morte cerebral

A ex-nadadora, que largou a profissão para trabalhar como modelo, tinha 22 anos

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

sarah correia
Sarah Corrêa: morte após atropelamento (Foto: Reprodução)

A ex-nadadora e medalhista dos Jogos Pan-Americanos Sarah Corrêa, de 22 anos, teve morte cerebral confirmada neste sábado (2) após ser atropelada por um carro na Estrada dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro. O acidente ocorreu ontem às 18h.

Ela está internada no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul do Rio de Janeiro.

O motorista, não identificado, fugiu sem prestar socorro à vítima, que estava acompanhada de Paulo Soares, de 58 anos, que morreu no local.

Sarah foi socorrida e levada ao hospital inconsciente. Sua mãe, Maria Fátima Alves Gonçalves, publicou a seguinte mensagem na sua página no Facebook: "Minha filha foi assassinada por mais um maluco bêbado do trânsito dessa cidade. Quero justiça e não vou descansar enquanto não acabar com esse cara".

A ex-nadadora ganhou medalha de prata no revezamento 4x200 metros livres nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México, em 2011. Deixou a natação para trabalhar como modelo no ano passado. (Com Estadão Conteúdo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO