Saúde

Médicos tiram dúvidas sobre os principais riscos dos períodos de calor

Sol radiante e temperatura elevada favorecem atividades externas e mudam hábitos, mas também acarretam perigos

Por: Adriana Farias - Atualizado em

Parque do Ibirapuera Atletas
Parque do Ibirapuera: o calor estimula a prática de esportes (Foto: Gero/Folhapress)

Praticar exercícios ao meio-dia é perigoso?

Não necessariamente, isso depende da tolerância de cada um. O ideal é evitar, pois o corpo tem mais difculdade para eliminar o calor durante os períodos quentes do dia, o que pode levar a pessoa a se sentir mal.

Qual deve ser o fator mínimo do fltro de proteção solar para evitar o câncer de pele?

Na teoria, o fator 30 é sufciente para uma proteção segura de uma hora e meia. O problema é que a maioria das pessoas não aplica a quantidade adequada de fltro solar. O correto seria algo em torno de 40 mililitros (um quarto do frasco-padrão) para o corpo todo, o que deixaria a pele esbranquiçada. O comum é espalhar apenas um quarto dessa quantidade.

+ Pergunte ao doutor: O estresse pode causar gastrite?

Há uma quantidade correta de água para beber em momentos de muito calor?

Sim, cerca de 2,5 litros por dia, em média, para quem não está enfrentando problemas de saúde. A cor clara da urina é um bom sinal de que o consumo do líquido está adequado.

Existe risco ao usar óculos de sol falsos?

Sim. Quando uma pessoa está sob sol forte, suas pupilas se retraem para proteger-se da radiação ultravioleta, que pode causar câncer da conjuntiva e provocar lesões na região da córnea. Com os óculos, elas naturalmente permanecerão mais abertas e, portanto, expostas. O problema é que um produto pirata provavelmente não terá fltro contra a radiação.

Variações repentinas de temperatura podem causar problemas de saúde?

Não. Mesmo em situações extremas, o corpo possui temperatura constante, em torno dos 37 graus, utilizando para isso mecanismos de defesa como a transpiração e a sede.

Dormir com o ar-condicionado ligado faz mal?

Não, tampouco existe uma temperatura ideal. Basta apenas que a pessoa se sinta confortável.

+ Como curar uma ressaca pós-festas?

O uso recorrente de umidificador de ar pode agravar a rinite?

Sim. Quando a umidade relativa está abaixo de 30%, esse equipamento ajuda as pessoas sensíveis a respirar. Mas, se o uso for excessivo, a água poderá ser absorvida pelo cômodo e favorecer a proliferação de fungos, o que irrita as vias respiratórias, prejudicando quem tem rinite.

Tomar bebida muito gelada é prejudicial?

Não, trata-se de um mito. O líquido em baixa temperatura apenas resfria o corpo, assim como o café muito quente provoca calor.

Fontes: Anita Sachs, professora de nutrição da Unifesp; Carlos Roberto Ribeiro de Carvalho, diretor da Divisão de Pneumologia do Incor; Marcus Maia, coordenador da Campanha Nacional de Combate ao Câncer de Pele; Mário Motta, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Oftalmologia; Paulo Olzon, presidente da Associação dos Médicos da Escola Paulista de Medicina

Fonte: VEJA SÃO PAULO