Moradia

Manifestantes interditam Marginal Tietê e provocam congestionamento

Grupo protesta contra a reintegração de posse da área sob a Ponte Governador Orestes Quércia, chamada de Estaiadinha

Por: Veja São Paulo.COM - Atualizado em

A Marginal Tietê, sentido Rodovia Ayrton Senna, foi bloqueada na tarde desta terça-feira (19) por manifestantes que protestaram contra a reintegração de posse da área sob a Ponte Governador Orestes Quércia, chamada de Estaiadinha.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que o grupo interditou as pistas local, central e expressa. Eles montaram barricadas e atearam fogo em entulho para evitar a passagem dos veículos.

+ Ponte Estaiadinha permanece fechada após terceiro incêndio em favela

Segundo a Polícia Militar, cerca de 100 manifestantes protestaram na área. O ato começou por volta das 17 horas. A PM foi até a região, mas não houve confronto. Após assembleia, o grupo decidiu deixar a via às 17h50. De acordo com a CET, duas faixas da pista central continuavam interditadas por volta das 18 horas. Entretanto, os motoristas ainda enfrentam congestionamento. 

No sábado, os moradores foram retirados do local. Desde então, três incêndios queimaram os barracos e derreteram cabos que seguram a ponte. Com isso, a estrutura ficará fechada por tempo indeterminado. Os motoristas que seguem pela Avenida do Estado e utilizam o acesso para entrar na Marginal Tietê, no sentido da Castelo Branco, devem optar por uma rota alternativa.

A Polícia Militar acredita que os próprios moradores da favela provocaram os incêndios, por não concordarem com a reintegração.

Fonte: VEJA SÃO PAULO