Terraço Paulistano

Iris Abravanel: “Não cabe perguntar de traição neste dia”

Mulher do empresário Silvio Santos lançou seu livro na semana passada e evitou comentar sobre o Banco PanAmericano

Por: João Batista Jr. - Atualizado em

Iris Abravanel - Patricia - Daniela - Renata_2192
Daniela, Renata, Iris e Patricia Abravanel: homenagem à mãe em momento de crise (Foto: Fernando Moraes)

■ Mulher do empresário Silvio Santos, Iris Abravanel começou o lançamento de seu livro de crônicas, “Recados Disfarçados”, na semana passada, com uma entrevista coletiva. As perguntas eram para girar em torno da obra que escreveu, mas logo o espinhoso assunto veio à tona: as novelas do SBT terão corte em seu orçamento por causa do rombo de 2,5 bilhões de reais no Banco PanAmericano? “Não cabe perguntar de traição neste dia”, respondeu a dona do Baú, referindo-se ao primo, Rafael Palladino, afastado do comando da instituição financeira.

■ O evento teve cara de festa de firma. A prata do SBT compareceu em peso na fila de autógrafos. Eliana, Ratinho, Isabella Fiorentino e Carlos Alberto de Nóbrega foram beijar a mão da patroa. Ausência sentida: Hebe. A apresentadora estava fora do país.

■ Três das quatro filhas foram homenageá-la. Daniela Beyruti não comentou o problema. “Só falo sobre minha mãe.” Renata e Patricia Abravanel seguiram a mesma ladainha. Já Cintia, fruto do primeiro casamento de Silvio, ponderou: “Admiro ainda mais meu pai. Ele vai sair dessa”. Há uma corrente de solidariedade em curso. O SBT estaria recebendo ligações de interessados em saber se há alguma conta bancária para fazer doações com o objetivo de tirar Senor Abravanel da crise. Pode?

Fonte: VEJA SÃO PAULO