Cultura

Instituto dedicado à comunidade coreana é inaugurado no Bom Retiro

Fique por dentro das atividades oferecidas pelo Centro Cultural Hallyu e dos melhores locais para se visitar no bairro

Por: Veja São Paulo

Centro cultural Hallyu
Espaço de 100 metros quadrados tem biblioteca, espaço expositivo e programação com cursos de língua e artesanato (Foto: Divulgação)

Conhecido por ser um dos maiores polos da moda do Brasil, o Bom Retiro também pode ser considerado a KoreaTown brasileira. O bairro concentra grande parte da colônia coreana da cidade de São Paulo e oferece todos os quitutes e bugigangas típicos daquele país: cafés, lojas, restaurantes e mercados típicos podem ser encontrados a cada esquina. A partir de domingo (2), às 15h, esta tradicional comunidade ganha uma grande homenagem: o Centro Cultural Hallyu.

Centro cultural Hallyu
Instituto promove a aproximação entre as culturas coreana e brasileira (Foto: Divulgação)

+ Onde comer no Bom Retiro

Com exposições de arte, eventos e palestras, o instituto localizado na Rua Guarani, 149, terá uma programação fixa de cursos com aulas de língua, pintura, artesanato, costura e cerâmica coreanas. Também vai promover exposições de arte, eventos e palestras gratuitas. Para quem aprecia musica haverá aulas de canto coreano e de instrumentos tradicionais e modernos. Já os amantes da dança poderão optar por aulas de dança tradicional ou de K-Pop. O espaço também irá oferecer cursos de gastronomia para quem quer aprender a preparar pratos tradicionais como Kimchi, Bulgogi e Bibimbap.

Yoo Na Kim, diretora do Centro Cultural, dá dicas dos melhores locais para se visitar no Bom Retiro:

Para tomar café: são os pontos mais característicos das redondezas. Não deixe de ir no  Café Turismo Together (Rua Prates, 577).

Para comprar: é possível encontrar desde o kimchi (conserva de acelga apimentada), tradicional coreano, até o suju, a bebida típica da Coreia que é um destilado de arroz. A mercearia Otugui (Rua Três Rios, 245) vende até bicho de seda enlatado.

Para se embelezar: No Queen Estética (Rua da Graça, 89), é possível fazer os tratamentos de beleza que as coreanas tanto valorizam. Já o Genesisi Eden (Rua Prates, 1054) é um salão de make-up, além de vender e alugar tradicionais vestidos de festas e de casamento trazidos diretamente da Coreia. Quem ainda quiser levar produtos de beleza para casa a dica é passar na loja Amore Cosméticos (Rua Correia de Melo, 23).

Para as crianças: A Forever Kids (Rua Três Rios, 218) vende os mais diferentes produtos infantis coreanos. O maior sucesso do local é o detergente de limpar mamadeira.

 

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO