Destinos

Hotéis em lugares remotos que se mesclam à paisagem

Jardinagem em Portugal e mergulho entre duas placas tectônicas num lago gelado da Islândia estão entre os mimos oferecidos aos hóspedes 

Por: Denise Bobadilha - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Ion Iceland, na Islândia

O slogan do ION Iceland Hotel dá uma pista da condição inusitada: “Onde tudo encontra o nada”. Entenda-se por “tudo” um spa com águas térmicas e produtos de cinzas vulcânicas, um restaurante de cozinha nórdica e suítes com materiais hipoalergênicos, linho orgânico e amenities da Sóley Organics, uma marca de cosméticos à base de ingredientes locais. “Nada” é asensação transmitida pela paisagem, no meio dos vulcões da Islândia, com lagos gelados e as luzes do Ártico – com direito a sol da meia-noite de maio a julho e aurora boreal de agosto a maio. A cerca de 40 quilômetros da capital, Reykjavik, o ION Iceland abriu as portas há pouco mais de um ano. A construção foi moldada em pedra, concreto e materiais vulcânicos, aproveitando parte das ruínas de um albergue abandonado. Janelas de vidro que vão do chão ao teto nas áreas comuns permitem apreciar as cores da aurora boreal sem enfrentar o frio do lado de fora. Mas faz bem sair para caminhadas, escaladas e até mesmo um mergulho nas geladas águas da Fissura de Silfra, local onde se encontram as placas tectônicas da América e da Eurásia, em pleno Lago Thingvallavatn. Na volta do programa outdoors, é só se esquentar na piscina do spa, na qual as águas correm por 10 metros como se formassem um rio de águas quentes, e apreciar o “nada” que cerca o hotel. ION Luxury Adventure Hotel, Selfoss, Islândia, ☎ 354 482-3415, www.ioniceland.is. Diárias a partir de 290 dólares.

+ Leia mais sobre o mercado de luxo

Saffire Freycinet, na Austrália

Do alto, a construção de vidro, pedras locais e madeirado Saffire Freycinet se assemelha a uma estação espacial na costa leste da Tasmânia. De perto, nenhuma curva do projeto é acidental: janelas com pé direito alto emolduram montanhas; os corredores envidraçados permitem a melhor vista das praias. Os hóspedes combinam visitas a fazendas de ostras, mergulho e degustação de vinhos australianos com os passeios do hotel, que disponibiliza até um kit para construir castelos de areia branca na Muirs Beach. Eles podem também reservar algumas horas para fazer ioga  – as vinte suítes são equipadas com um mat para a prática. A decoração dos quartos se harmoniza com a paisagem: os tecidos, o couro, a madeira e as pedras têm as cores do lado de fora. Nas quatro suítes do Private Pavillion, as grandes varandas e a disponibilidade de um chef na cozinha privativa do apartamento valorizam ainda mais a experiência. Saffire Freycinet, Tasmânia, Austrália, ☎ 61 (3) 6256-7888, www.saffire-freycinet.com.au. Diárias a partir de 1 500 dólares, com café da manhã, almoço, minibar e crédito no spa.

Hoteis em lugares remotos -  veja luxo - Consolación - Espanha
O convento do século XIV: a cozinha experimental e materiais como madeira, metal e couro combinam-se com as grossas paredes e o piso de ardósia (Foto: Divulgação)

Consolación, na Espanha 

Teruel é a província menos povoada da Espanha. Ali fica a vila de Monroyo, com cerca de 300 habitantes e uma construção medieval transformada em hotel: o Consolación, que leva o nome do convento e, como o antigo endereço, faz sua maior aposta no isolamento. No prédio original, os espaços foram adaptados para dar lugar a duas suítes (uma delas a “morada do ermitão”, quase medieval), um restaurante e a áreas comuns, como a biblioteca e o playground, que tem wi-fi, TV e equipamentos para o DJ. Tudo com muito concreto polido, metais e vidros, entremeados pelas grossas paredes originais. Dez cubos de pedra e concreto, cada um deles compondo uma suíte, foram construídos à parte. As paredes de vidro das fachadas se abrem para uma paisagem de florestas com pouca intervenção humana – com exceção da piscina do hotel, na beira de uma colina. Dentro das suítes, o piso de ardósia negra contrasta com detalhes de cores fortes, mas é a sobriedade monástica e luxuosa que reina, com direito a linho egípcio, couro e o metal da arrojada lareira. Consolación, Monroyo, Teruel, Espanha, ☎ 34 (978) 856-755, www.consolacion.com.es. Diárias a partir de 135 euros, com café da manhã.

+ Comidas típicas, roteiros de arraiais e dicas de fantasias

+ Saiba tudo sobre a Casa Cor

Remota, no Chile

Não procure ângulos retos nem simetrias na construção de pedra com grandes vidraças que mostram o panorama da Patagônia, obra do arquiteto chileno Germán del Sol para o Remota. O hotel, próximo a Puerto Natales, uma vila de pescadores isolada do continente por fiordes e geleiras, estica-se junto à paisagem. Sem geradores nem elevadores, o hotel foi planejado para não interferir no ambiente. A energia vem do sole dos ventos. No spa, há uma gigantesca piscina aquecida de fundo infinito. Nas suítes, o revestimento é de ardósia branca e madeira não tratada, com direito a enxoval de algodão pima e decoração com peças locais. A natureza ao redor, porém, convida a ficar do lado de fora – o hotel organiza cavalgadas, trilhas, escaladas, flyfishing, avistamento de aves e caminhadas até os fiordes, as geleiras e o Parque Nacional de Torresdel Paine. Quem sentir falta de “urbanidade” poderá pegar a bicicleta ou fazer uma caminhada de 3 quilômetros até a cidade de Puerto Natales, para olhar as lojinhas e saborear um salmão ou uma centolla num restaurante caseiro. Vale dizer que essas mesmas iguarias, e muitas outras mais, são servidas no Remota, cuja cozinha é comandada pelo renomado chef René Espinoza. Quem precisa de urbanidade? Remota hotel, Puerto Natales, Chile, ☎ 56 (2) 2387-1500, www.remotahotel.com. A estada de três noites custa a partir de 1 141 dólares, com pensão completa, vinhos e passeios.

Bangalôs no Uruguai - Hotéis em lugares remotos - Veja Luxo 2376
Bangalôs de concreto e pedra: “pousados naturalmente sobre o terreno”, segundo o arquiteto Isay Weinfeld (Foto: Divulgação)

Fasano, Las Piedras, no Uruguai

Nas colinas próximas da Praia de La Barra, em Punta del Este, o arquiteto paulistano Isay Weinfeld distribuiu construções baixas, no ritmo do relevo. Os 32 bangalôs de concreto e pedra ficam assim “pousados naturalmente sobre o terreno”, como Weinfeld descreve. A pedra laja, da região, serve de base para os bangalôs e o piso dos terraços. Por fim, construções rústicas que existiam no local foram reutilizadas no que é hoje o restaurante. Os bangalôs misturam pedras com tapetes de lã de ovelha, acompanhados por muita madeira e couro nos móveis, com design dos anos 50. Para aproveitarem a propriedade, os hóspedes podem explorar os arredores de bicicleta, visitando vinhedos e encerrando o passeio com um piquenique. Outras opções são o golfe, em campo de nove buracos, os torneios de tênis e a equitação. Nas águas, é possível escolher entre se aventurar de jet ski em um trecho do rio que corta a propriedade e ir à praia de La Barra – que está a poucos quilômetros do hotel mas acaba até passando despercebida em meio às suaves colinas. Fasano Las Piedras, Punta del Este, Uruguai, ☎ 598 (42) 670-000, www.laspiedrasfasano.com. Diárias a partir de 900 dólares, com café da manhã.

L’And Vineyards, Portugal

A inspiração do L'And Vineyards vem das antigas construções romanas e dos pátios árabes, ainda encontrados no Alentejo. O interior, assinado pelo escritório do paulistano Marcio Kogan, aproveita o branco dominante e acrescenta ardósia, pedras locais, couro, madeira de eucalipto, lareiras e fogueiras. O hotel é também uma vinícola produtora das castas touriga nacional, touriga franca e alicante bouschet. A experiência enológica fica completa no restaurante do hotel, o primeiro da região a ganhar uma estrela Michelin. Miguel Laffan, o chef, recria a tradicional cozinha portuguesa com ingredientes da estação e perfumes orientais. Dez das 22 suítes têm teto retrátil, para dormir sob a luz das estrelas. São quartos com 120 metros quadrados, que oferecem terraço com lareira e piscina privativa no pátio interno. Durante o dia, é possível visitar os vinhedos, participar de cursos sobre vinhos, fazer um tratamento de vinhoterapia no Spa Caudalie ou passear de balão sobre o Alentejo. Até mesmo um salto de paraquedas pode ser agendado – nesse caso, é prudente deixar o vinho para depois. L’And Vineyards, Montemor-o-Novo, Portugal, ☎ 351 (21) 330-4542, www.l-andvineyards.com. Diárias a partir de 170 euros, com café da manhã e degustação de vinho da casa.

Areias do Seixo Charm Hotel - veja-luxo - ed. 2376
Cubos de vidro e concreto: economia de energia e melhor aproveitamento da vista (Foto: Divulgação)

Areias do Seixo Charm Hotel, Portugal

A construção de enormes caixas de concreto e vidro fica à beira-mar, na Praia do Seixo, a 60 quilômetros do Aeroporto de Lisboa. Mas o Areias do Seixo mais parece um sofisticado hotel-fazenda do que uma casa de praia. A fartura de hortas e pomares estimula os hóspedes a selecionar verduras, legumes e frutas que gostariam de provar – com a opção de colher os ingredientes e de acompanhar o preparo das refeições. A vocação rural da propriedade é anterior ao hotel, já que ali funcionou uma granja. A antiga construção foi demolida e seu entulho britado para compor as caixas de concreto que formam as áreas comuns e as vinte suítes, com pé-direito acima de 4,5 metros, mas diferentes entre si. Com vidro na maior parte das paredes e dos telhados, o prédio é banhado por luz natural. Os raios solares também garantem a energia para aquecer os ambientes, cujo isolamento térmico é reforçado com cortiça – portuguesa, com certeza. Entre as construções há lareiras, jacuzzis, espelhos-d'água e fogueiras. Na maior delas, toda noite os hóspedes – na maioria casais – se reúnem para tomar vinho, comer castanhas e ouvir música. Se, em vez das luvas de jardinagem, você quiser levar um violão, terá a oportunidade de exibir seu repertório junto ao fogo e próximo da brisa do mar. Areias do Seixo Charm Hotel, Póvoa de Penafirme, Portugal, ☎ 351 (261) 936-340, www.areiasdoseixo.com. Diárias a partirde 256 euros, com café da manhã.

 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO