Memória paulistana

Germano Mariutti morre depois de catorze anos de luta contra o câncer

Por: Edison Veiga - Atualizado em

Nascido em 1923, o paulistano Germano Mariutti começou a trabalhar como assistente do escultor Victor Brecheret aos 16 anos, em um ateliê na Rua Oscar Freire. Anos mais tarde, ganhou uma bolsa do governo estadual e foi estudar em Roma – cidade com a qual nunca mais perdeu o vínculo. Na década de 60, após decorar uma casa que havia ganho da mãe no Itaim, decidiu abraçar a profissão. Desde então, passou a caprichar nos interiores de residências chiques da cidade. Dividia-se entre os Jardins e a capital italiana, onde morreu na última terça (3). Fazia catorze anos que lutava contra o câncer.

Fonte: VEJA SÃO PAULO