Crianças

Festival de Férias traz espetáculos consagrados e três estreias

Programação do Teatro Folha diverte a criançada durante o mês inteiro

Por: Tatiane Rosset - Atualizado em

João e Maria
João e Maria: um clássico com luz negra nas tardes de terça (Foto: Fernando Anhê)

Curtir o Festival de Férias, do Teatro Folha, é um dos programas mais atraentes para a garotada que vai ficar de folga durante o mês inteiro na cidade. Em sua 18ª edição, o tradicional evento traz sete espetáculos, e o melhor: as sessões são diárias.

Na segunda-feira, tem vez Deu a Louca na Dona Baratinha. Nesta releitura do clássico infantil feita pela Cia. La Mariquita, a personagem menospreza todos os pretendentes para seguir o sonho de se rartista.

Iluminada por luz negra, a montagem da Cia. Imago João e Maria (✪✪✪) ocupa o palconas tardes de terça para contar a história dos irmãos que se perdem na floresta. Às quartas, o conto A Chapeuzinho Vermelho ganha traços mais delicados sob a direção e adaptação de Pitty Webo.

Totalmente Pastelão
Armando Júnior e Alexandre Bamba em Totalmente Pastelão: humor simples (Foto: Luiz Doroneto)

Toda quinta, a divertida Totalmente Pastelão (✪✪✪) usa um humor simples para agradar às crianças. No enredo, os moradores de rua Chico Farofeiro (Alexandre Bamba) e Resmelengo (Fabek Capreri) enganam Tartamelo (Armando Júnior), dono de uma confeitaria. O objetivo deles é pôr as mãos em apetitosas tortinhas produzidas na loja.

Adaptação da Cia. Paulista de Artes para obra de Ruth Rocha, Marcelo, Marmelo, Martelo está programada para as sextas.

Aos sábados e domingos, há duasapresentações por dia. Às 16h toma a cena a estreia A Bela Adormecida, escrita por Fabio Brandi Torres e dirigida por Paulo Henrique Jordão. Na sequência, às 17h40, a ótima peça Os Saltimbancos (✪✪✪), baseada no musical de Chico Buarque, reúne um quarteto animal que foge dos maus-tratos dos patrões. No elenco, sobressai a voz grave e forte de Rosy Aragão, no papel da gata.

Saltimbancos
Rosy Aragão: voz afinada em Os Saltimbancos (Foto: Leonardo Varuzza)

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO