Comportamento

Casa que organizou Festa do Sexo é lacrada pela prefeitura

Fotos atribuídas a evento em balada de Araraquara causaram polêmica após serem divulgadas na internet

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

A casa noturna On Off em Araraquara, interior de São Paulo, foi lacrada pela prefeitura da cidade no fim da tarde desta terça-feira (9) depois de se tornar o centro das atenções durante o fim de semana. No último sábado (6), o local foi palco da Festa do Sexo, em comemoração ao Dia do Sexo. A balada gerou polêmica após fotos atribuídas ao evento começarem a circular na internet.

+ Checklist para escolher a pessoa ideal para namorar

+ Garoto que teve braço arrancado por tigre ganha prótese

A prefeitura da cidade informou por meio de nota que fechou o local após solicitação de vistoria pelo Ministério Público. Foi constatado que o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros estava vencido e que o evento estava "em desacordo com as atividades previstas no alvará de funcionamento". A casa apenas confirma a interdição sem comentar o caso.

Vídeo mostra mulher ofendendo e empurrando idosa em ônibus

No evento, os produtores contrataram gogo boys (dançarinos) e uma tequileira (garota que, de forma sensual, distribui doses de tequila para os convidados) para brincadeiras com o público.

De acordo com o proprietário, Adriano Daltrini, a festa é realizada há três anos e eles nunca tiveram problemas. As imagens sugerem que os participantes estivam fazendo sexo em público, o que ele nega. “Não houve sexo, não houve nada de anormal, nada que não pudesse ter em uma casa em São Paulo. Mas aqui é uma cidade pequena”, afirma.

+ "Uma vida é mais importante que tudo", diz surfista que salvou banhista

Segundo ele, a polêmica foi causada porque muitas pessoas não conseguiram entrar no espaço e, por isso, aumentaram a proporção do evento. “Muitas das imagens que circularam na internet não foram nem tiradas na festa”, afirma.

Até o momento, não foi registrado nenhum boletim de ocorrência de atentado ao pudor ou de qualquer fato ocorrido dentro da casa, de acordo com a Delegacia Seccional de Polícia de Araraquara.

+ Confira as últimas notícias da cidade 

 

Fonte: VEJA SÃO PAULO