Saúde

Família de quíntuplos procura casa para morar temporariamente na capital

Um dos bebês receberá alta e mãe precisa de apartamento perto do hospital, na Vila Mariana

Por: Nataly Costa - Atualizado em

Quíntuplos
Karina e João, os pais das crianças: Arthur, o único menino, será o primeiro a deixar a maternidade (Foto: Veja São Paulo)

Moradores de Santos, os pais dos quíntuplos estão procurando apartamento para alugar em São Paulo. O maior dos cinco, Arthur, está prestes a receber alta e a família precisa de um lugar para acomodá-lo, de preferência nas proximidades do Hospital Sepaco, na Vila Mariana, onde os outros quatro bebês continuam internados. 

"Chegamos até a achar alguns, mas não aceitam locação por três meses, o mínimo é um ano", escreveu a mãe, Karina Barreira, em sua página do Facebook. O preço também configura uma questão para o casal. João Biagi Júnior, o pai das crianças, está desempregado. Karina segue de licença-maternidade do seu trabalho como encarregada de vendas de uma perfumaria no litoral. Eles podem pagar até 2 000 reais de aluguel. 

+ Pais de quíntuplos pedem ajuda financeira

Desde que os quíntuplos nasceram, em 13 de abril, Karina está hospedada na casa da irmã, Luciana, na Freguesia do Ó, na Zona Norte. Todo dia, percorre os quase 20 quilômetros de distância de táxi até o hospital para dar de mamar aos filhos. Com Arthur em casa e as quatro meninas na UTI neonatal, o tempo perdido no trajeto - cerca de três horas entre ida e volta - passa a ser ainda mais precioso. 

A evolução do estado de saúde dos quíntuplos continua boa. Arthur já está com 2,39 quilos e Melissa chegou aos 2 quilos na última quinta (4). Laís tem 1,9 quilo e as gêmeas idênticas Gabriela e Giulia contabilizam, respectivamente, 1,74 quilo e 1,3 quilo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO