Crianças

"Esses Olhos Tão Grandes" reconta fábula eternizada pelos irmãos Grimm

Montagem foca nos aspectos mais sombrios de "Chapeuzinho Vermelho" e agrada aos pequenos com mais de 6 anos

Por: Tatiane Rosset

Esses Olhos Tão Grandes
'Esses Olhos Tão Grandes': sonhadora menina recruta empoeirados bonecos para narrar a história (Foto: Divulgação)

Tudo o que se sabe da origem da fábula "Chapeuzinho Vermelho" é que ela se baseia em um conto popular francês difundido no século XVIII, cuja versão mais conhecida foi escrita pelos irmãos Grimm 100 anos depois. Desde então, muitas montagens teatrais já contaram as peripécias da menina pela floresta, a maioria delas aliviando os aspectos sombrios da história original. "Esses Olhos Tão Grandes" parte do texto para narrar, com bonecos, uma nova aventura cheia de elementos assustadores. Nela, uma garotinha de visual esquisito, mas meiga e apaixonada pela trama, recruta antigos fantoches para recriar passo a passo a saga da personagem, da floresta até a casa da vovozinha.

+ Programação especial do Parque do Ibirapuera

+ “Quyrey, uma Aventura na Selva” encanta a plateia com acrobacias

+ MIS tem programação para toda a família neste domingo (18)

Embora choque um pouco os menorzinhos, a peça agrada à criançada com mais de 6 anos. Em um cenário simples e eficiente, a dupla Cleber Laguna e Marcia Fernandes, da Cia. Mevitevendo, faz um belíssimo jogo de claro e escuro. Os três bonecos um tanto esquisitões, manipulados de maneira graciosa pelos atores, combinam com a atmosfera surreal. Ganham destaque uma delicada cena do sonho da menina e a ótima utilização do milenar teatro de sombras chinês para descrever o encontro da nova aventureira com os animais da floresta.

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Fonte: VEJA SÃO PAULO