Cidade

Conheça a equipe do grupo Águia

Quem são os homens que compõem o time na metrópole

Por: Claudia Jordão

Capa 2262 - Grupo Águia - Capitão Cancian
Capitão Cancian: há mais de uma década na equipe especial da Polícia Militar (Foto: Cida Souza)

Pilotos e copilotos

› Número: 49

› Perfil: comandam a aeronave depois de quatro anos de preparação e de 850 horas de voo, em média. Também são necessárias habilidades como descer em rapel e transportar cargas vivas e mortas em cesto, maca ou guincho

› Salário: a partir de 5.000 reais

Capa 2262 - Grupo Águia - Sargento Afonso
Sargento Afonso: salvamento de mulher em cadeira de rodas numa enchente (Foto: Cida Souza)

Tripulantes operacionais

› Número: 29

› Perfil: trabalham como navegadores, conduzindo os pilotos às ocorrências, ou observadores, ajudando nas manobras realizadas pelo helicóptero. Também coordenam e operam cesto, maca e guincho

› Salário: a partir de 2.500 reais

+ Grupo Águia, a ajuda que vem do céu

+ Saiba quais equipamentos são usados nas missões dos "águias"

Médicos e enfermeiros

› Número: três médicos fixos, um plantonista e oito enfermeiros

› Perfil: além do curso militar, precisam ter formação universitária em medicina ou enfermagem

› Salário: a partir de 6.800 reais (médicos) e 2.500 reais (enfermeiros)

Fonte: Grupamento de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar

Fonte: VEJA SÃO PAULO