Esporte

Doping leva à suspensão temporária de Anderson Silva

Lutador brasileiro foi flagrado em exame antidoping após vencer o americano Nick Diaz

Por: Veja São Paulo

Anderson Silva
O lutador Anderson Silva: suspensão temporária após doping (Foto: Divulgação)

O lutador brasileiro Anderson Silva foi suspenso temporariamente do UFC após resultado de outro exame antidoping testar positivo. A Comissão Atlética de Nevada (Estados Unidos) decidiu, por unanimidade, aplicar a sanção ao esportista depois que o exame realizado no dia da luta indicou o uso de substâncias proibidas.

A decisão da comissão impede que Anderson participe de lutas até a conclusão de seu julgamento, previsto para ocorrer entre março e abril deste ano. Seu adversário no combate de 31 de janeiro, o americano Nick Diaz, também foi suspenso pelo uso de maconha.

Exame antidoping realizado fora de competição, no dia 9 de janeiro, apontou que o brasileiro havia feito uso do esteroide anabolizante drostanolona e de androsterona. O resultado desse teste saiu algumas horas após a luta. Um segundo exame, realizado em 19 de janeiro, não apontou a utilização das substâncias. O resultado, porém, não serve de contraprova.

+ Confira as últimas notícias

Já em testes realizados no dia da luta, além dos esteroides, também foram encontradas medicações para combater a ansiedade e a insônia.

Reconhecido com o maior lutador de MMA do mundo, Anderson deu sinais de que deve encerrar a carreira.

Fonte: VEJA SÃO PAULO