Verão

Dicas de biquínis para todo o tipo de corpo

- Atualizado em

• Quadris largos: prefira biquínis com a lateral alta. Use tons lisos e escuros. Estampa, só se forem listras na vertical. Fuja dos floridos.

• Quadris estreitos: modelos de calcinha com detalhes nas laterais ficam ótimos. Para equilibrar, na parte de cima, frente-única.

• Seios grandes: escolha sutiãs com alça, que proporcionam boa sustentação. Opte pelos decotes geométricos, como os modelos de frente-única.

• Seios pequenos: abuse dos sutiãs modelo cortininha, que aumentam o volume dos seios. E aproveite as estampas. Quanto mais coloridas, melhor.

• Alguns quilos a mais: opte por maiôs de cores escuras e listras verticais, que afinam o corpo. Decotes em U ou em V ajudam a alongar a silhueta.

• Alguns quilos a menos: a parte inferior com babadinho dá volume e disfarça a magreza.

• Culote: a calcinha deve ter lateral grossa, para não marcar.

Os sete pecados da areia

• Usar canga como saída de praia: é melhor deixar na bolsa e só tirar de lá na hora de estender para deitar.

• Trocar o chinelo pela sandália plataforma: salto alto, só para eventos na cidade.

• Exagerar na produção: com o sol, a maquiagem derrete e borra. O cheiro do perfume muda. Para bem pior, acredite.

• Tomar bebida alcoólica em vez de água-de-coco: o álcool contribui para desidratar o corpo.

• Comprar biquíni um número menor: o elástico aperta a pele e as gordurinhas extras ficam para fora, bem marcadas.

• Transformar a praia em salão de beleza: clarear os pêlos, por exemplo, só em casa. Escondido de todo mundo.

• Ficar como um camarão: nada mais cafona do que pele vermelhona contrastando com a marquinha branca do biquíni.

Fonte: VEJA SÃO PAULO