Noite

Dez festas para curtir na véspera do feriado

O DJ João Brasil, no Alley Club, e o austríaco Peter Rauhofer, no Grand Metrópole, estão entre os destaques da agenda

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

João Brasil
O DJ João Brasil: atração do Alley Club na véspera do feriado (Foto: Divulgação)

Circuito no Clash: o enorme galpão da Clash é decorado com adesivos, cartazes e telões, mas o que chama atenção é a seleção de DJs que costumam frequentar a pista. Focada em techno, a festa Circuito comemora 11 anos com participação especial do italiano Marco Carola. A noite ainda recebe Whebba, Kenzo e a dupla Clickbox.

Garage LAB: este galpão moderninho da Rua Augusta é comandado por três sócios do Clash Club e pelo produtor musical Dudu Marote. Na véspera de feriado, a casa abre espaço para o projeto Garage LAB. No line up, Hugo Zanin, Vini Bresciani, Renatzz, Mastradonakis, Dodx VS GuPodova9 e Gui Solairs & Evandro Escol agitam a pista com batidas eletrônicas.

Glow Pop no Yacht: sucesso no Cine Joia, a balada Glow in The Dark, dedicada ao indie rock, ganhou uma festa-irmã voltada para o pop. Durante a madrugada, o público vestido com roupas brancas recebe canetas fluorescentes e acessórios neon. Sob luz negra, a brincadeira consiste em riscar as camisetas dos amigos. Os DJs que animam a noite são Alex Correa (da Glow in The Dark), Junior Passini, Pedrowl, Thiago Testa, Marçal Righi e Gustavo Jreige. Hits de nomes como Madonna, Beyoncé e The Wanted prometem animar a noite.

Groovelicious no Lions: com um varandão que dá vista para o centro da cidade, pista de efeito tridimensional e animais empalhados pendurados nas paredes, a Lions abriga sob o mesmo teto playboys, alternativos e gays. Nesta quinta, a festa Groovelicious, comandada pelo residente Daniel Tamenpi, recebe os DJs americanos Turntables On The Hudson, Nickodemus e DRM. 

Indierokkers no Beco 203: com uma programação intensa (só fecha às segundas), a casa atrai interessados em dançar ao som de discotecagens de rock e shows de bandas alternativas. Comandam os pickups Gabriel Machuca, Camila Cornelsen, Junior Passini e Rafael Schutz, que prometem faixas de nomes como Phoenix, Arcade Fire, Foster the People e Cut Copy.

João Brasil no Alley: o descolado Alley Club, na Barra Funda, recebe o carioca João Brasil para sua cabine. O DJ é conhecido por seus mash-ups — mistura de duas ou mais músicas, recheada de efeitos eletrônicos e repetições. Bossa nova, tecnobrega, rock, funk e outros estilos aparecem juntos em combinações animadas. Enquanto a pista ferve no térreo, o lounge no piso superior se destaca por dois janelões com vista para os trilhos do trem.

Moving no D-Edge: há quase uma década em atividade, o clube é referência para os fãs da música eletrônica. Em 2010, passou por uma expansão que dobrou sua capacidade e disponibilizou outros dois andares. O agradável terraço funciona como fumódromo. Seu maior atributo continua sendo a pista decorada com 200 retângulos de luz, tanto nas paredes quanto no teto e no chão. A casa recebe duas atrações internacionais: Guy Gerber e Hot Since 82. Completam o line-up os brasileiros Dubshape (Alê Reis e João Lee), André Torquato, Rods Novaes, Laurent F., Thomas Lamachia e Fabiano Tamburus.

Peter Rauhofer no Grand Metrópole: famoso por suas mixagens de hits de divas da música pop, o DJ austríaco é um dos grandes nomes da The Incredible Week, promovida pelos clubes Metrópole, The Society e The Week. Ele divide o comando da noite com Vlad e Pacheco. Sucessos de Madonna, Lady Gaga e Britney Spears costumam figurar em seu repertório.

Pop Up Party no Volt: fechado desde o final de 2011, o bar do Baixo Augusta voltou a funcionar em outubro com agenda de festas aos fins de semana. Nesta semana, a casa sedia uma edição especial da Pop Up Party na véspera de feriado. Comandam a pista os DJs Iran Giusti, Ivan Adriel, Tom Oliveira, Victor Arthur & Rens Koele, Gabriel Simas & Clara Rocha e Evelyn Matos & Felippe Negrão. Pop, electro e disco são os ritmos que devem agitar a noite. 

Fonte: VEJA SÃO PAULO