Ídolos

Gilmar é considerado o melhor goleiro do time

Antes de brilhar, já veterano, no Santos de Pelé, Gilmar foi ídolo corintiano por toda uma década

Por: Celso Unzelte - Atualizado em

Gilmar - Corinthians_2163a
Gilmar (Foto: Veja São Paulo)

Gylmar (com y mesmo, embora o rigor da grafia não tenha pego ao longo de sua carreira no futebol) dos Santos Neves é considerado não só o melhor goleiro do Corinthians como também um dos melhores do Brasil e do mundo em todos os tempos. Antes de brilhar, já veterano, no Santos de Pelé, Gilmar foi ídolo corintiano por toda uma década, de 1951 a 1961.

Como Baltazar, era santista de nascimento e veio do Jabaquara daquela cidade, como contrapeso na negociação de outro jogador, o centromédio Ciciá, esse sim pretendido pelo Corinthians. Mas Ciciá sumiu nas voltas que a bola dá, enquanto Gilmar acabou se consagrando. Foi campeão paulista naquele mesmo ano (1951), bi em 1952 e peça importante na conquista do histórico título do IV Centenário. Seguro, elástico, arrojado, quando foi campeão do mundo com a seleção brasileira pela primeira vez, em 1958, na Suécia, era jogador do Corinthians.

Nome: Gylmar dos Santos Neves

Nascimento: Santos (SP), 22/8/1930

Posição: goleiro

Período: 1951 a 1961

Jogos: 395 (243 vitórias, 75 empates, 77 derrotas)

Gols sofridos: 527

Títulos pelo Corinthians: três Paulistas (1951/52 e 54) e dois Rio-São Paulo (1953/54)

Fonte: VEJA SÃO PAULO