Abastecimento

Cantareira tem fevereiro mais chuvoso em 20 anos

Precipitação foi de 322,4 milímetros enquanto no mesmo mês de 1995 foram registrados 388 milímetros

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Cantareira
Vista aérea da represa de Jaguarí, que faz parte do sistema Cantareira (Foto: Lucas Lacaz Ruiz/Folhapress)

O mês de fevereiro deste ano foi o que mais choveu no Sistema Cantareira em 20 anos. De acordo com a Sabesp, a precipitação acumulada foi de 322,4 milímetros, a maior desde 1995, quando registrou-se 388 milímetros.

+ Mesmo sem chuva, nível dos reservatórios sobe

Apesar de fevereiro ter sido fora do normal, março começou com pouca chuva. O sistema acumulou apenas 2,1 milímetros nos dois primeiros dias e, apesar disso, apresentou alta do reservatório. Nesta segunda (2), o Cantareira estava com 11,7% de sua capacidade, 0,1 ponto percentual a mais que no dia anterior. 

Segundo a Sabesp, há duas formas de os sistemas acumularem água: com chuva nos reservatórios ou nas cabeceiras dos rios que os abastecem. A precipitação recorde do último mês foi registrada em cima do reservatório.

Na última semana, o Cantareira recuperou a segunda cota do volume morto, ao atingir 10,7% da capacidade. A primera cota será resgatada quando o nível chegar a 29,2%.

Fonte: VEJA SÃO PAULO