Mistérios da Cidade

Casarões e prédios tombados são revitalizados no centro

Setores públicos e privados investem na restauração de imóveis nesta região de São Paulo

Por: Maurício Xavier (com reportagem de Alessandra Freitas)

palacete dos artistas
Palacete dos Artistas hoje é lar de cinquenta artistas com mais de 60 anos (Foto: Manduca Leal)

Iniciativas dos setores público e privado vêm investindo nos últimos tempos na revitalização de prédios e casarões tombados no centro da capital, a maioria deles erguida na década de 20. Exemplo disso é o antigo Edifício Cineasta, na Avenida São João, reinaugurado em dezembro passado com o nome de Palacete dos Artistas após uma reforma de cerca de 11 milhões de reais (foto).

+ Conheça cinco roteiros do além na capital

A construção transformou-se em um conjunto habitacional para cinquenta artistas com mais de 60 anos de idade e renda mensal de até três salários mínimos. A obra, idealizada pela bailarina Ray Moura, foi realizada pela Companhia Metropolitana de Habitação em parceria com a prefeitura. Abaixo, detalhes sobre esse e outros imóveis antigos restaurados na região.

+ Catedral da Sé instala sistema de som que elimina ecos do ambiente

tabela imóveis antigos
Exemplos de imóveis reformados no centro (Foto: Veja São Paulo)

Fonte: VEJA SÃO PAULO