A OPINIÃO DO LEITOR

Cartas da edição 2392

Por: VEJA SÃO PAULO

› Religião

A reportagem “Fé na era digital” (17 desetembro) foi sensacional. O Mosteiro de São Bento é um dos lugares mais bonitos de nossa cidade. Fiquei muito contente em ver que os monges não estão parados no tempo, incorporando novidades tecnológicas no seu dia a dia, além de poder conhecer um pouco da rotina do lugar. Alexandre Fontana

Os monges fazem bem ao usar a tecnologia. Tudo faz parte da vida. Estamos aqui de passagem. Aparecida Santos

› Política

É revoltante saber que nossos representantes na Câmara Municipal não estão preocupados com a demanda da cidade e, sim, com os próprios interesses (“Sim, eles trabalham— em causa própria”, 17 de setembro). Mas é bom saber que temos a chance e o poder de demiti-los do cargo. Petuel Preda

O Poder Legislativo municipal, na forma como existe, custa caro e proporciona poucos benefícios à população. Não comparecer às urnas, enquanto não se der a reforma política, é nossa grande arma. Mauro Asperti

A cidade está entregue a esses políticos, para dizer o mínino, desonestos. Sim, porque ganhar sem trabalhar é desonestidade. Até quando aguentaremos isso? Isa Maria Borba

Considero pertinente e importante a reportagem. Contudo, é descabida e, no mínimo, leviana, a menção a meu nome. Na foto em que apareço, a legenda induz o leitor a crer que eu não cumpro minhas obrigações como vereador. A imagem retrata o momento em que meu colega de bancada e líder do PSDB na Câmara, Floriano Pesaro, pede minha opinião sobre seu material de campanha. A afirmação de que “trocavam santinhos” na verdade é mera conjectura. Aurélio Nomura

Não há paralisia nas atividades. O trabalho dos vereadores vai além do comparecimento ao plenário. Desde agosto ocorreram, sempre às terças, cinco reuniões do Colégio de Líderes, com apenas um cancelamento. Há três CPIs, uma Comissão de Estudos, além da Comissão da Verdade em andamento. As comissões temáticas, com agenda semanal, realizaram vinte audiências públicas, cinquenta reuniões e emitiram 263 pareceres. José Américo Dias, presidente da Câmara Municipal de São Paulo

› Mistérios

Em relação à nota “Vai um PF gourmet?” (Mistérios da Cidade, 17 de setembro), gostaríamos de esclarecer que o restaurante Mani tem um PF desde sempre. É um “prato/estilo” bem característico do Brasil, que remete à comida caseira e que todo mundo gosta. Giovana Baggio, sócia-proprietária do restaurante Mani

› Ivan Angelo

Parabéns pela crônica “Deu branco” (17 de setembro). Ia falar algo mais, só que deu branco! Cesar Camarinha

CORREÇÕES

› O carnavalesco Chico Spinosa foi tricampeão em São Paulo, vencendo em 1998, 1999 e 2008 (Mistérios da Cidade, 17 de setembro).

› os personagens que aparecem na foto da seção Memória (17 de setembro) são, pela ordem, Hugo Di Pace, José Victor Oliva, Gugu Di Pace e Giancarlo Bolla.

ESCREVA PARA NÓS

E-mail: vejasp@abril.com.br

As mensagens devem trazer a assinatura, o endereço, o número da cédula de identidade e o telefone do remetente. Envie para Diretor de Redação, VEJA SÃO PAULO. Por motivos de espaço ou clareza, as cartas poderão ser publicadas resumidamente.

Redes sociais: facebook.com/vejasp e @vejasp (twitter)

Atendimento ao leitor: ☎ (11) 3037-2541

Sobre assinaturas: ☎ (11) 5087-2112

Atenção: ninguém está autorizado a solicitar objetos em lojas nem a fazer refeições em nome da revista a pretexto de produzir reportagens para qualquer seção de VEJA SÃO PAULO.

Fonte: VEJA SÃO PAULO