Mistérios da Cidade

Calçadas ecológicas já alcançam 30 quilômetros na cidade

Para compensar o impacto causado pelas obras na Marginal Tietê, funcionários da Dersa plantam espécies nativas em passeios públicos

Por: Mauricio Xavier [com reportagem de Catarina Cicarelli, Isabella Villalba e Manuela Nogueira] - Atualizado em

Calçada ecológica - 2194
Calçada ecológica: espécies nativas em passeios públicos de nove bairros próximos à Marginal Tietê (Foto: Fernando Moraes)

As plantas ainda estão pequenas, mas São Paulo ganhou 30 quilômetros das chamadas calçadas ecológicas desde janeiro. Para compensar o impacto causado pelas obras na Marginal Tietê, funcionários da Dersa plantam espécies nativas em passeios públicos de nove bairros próximos à via: Penha, Mooca, Vila Maria, Santana, Sé, Lapa, Casa Verde, Freguesia do Ó e Pirituba. Das 83 000 mudas prometidas, 62 000 já foram para a terra. A expectativa é que, em dez anos, se transformem em árvores de 15 metros de altura. Até fevereiro, 220 quilômetros de calçadas verdes devem ser entregues — 97 estão quase prontos. Com o objetivo de melhorar os índices de umidade relativa do ar, o projeto teve um investimento total de 10 milhões de reais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO