Comidinhas

Cinco boas sorveterias para refrescar o dia

Na recém-inaugurada Magnum Store, nos Jardins, é possível customizar o picolé com caldas e confeitos

Por: Redação VEJA SÃO PAULO - Atualizado em

Bacio di Latte
Chocolate, stracciatella e framboesa: sabores cremosíssimos da Bacio di Latte (Foto: Mario Rodrigues)

Bacio di Latte: quase uma unanimidade, a sorveteria campeã pelo segundo ano seguido acerta em cheio na textura de seus gelados. Feitas em sua maioria com leite integral fresco e creme de leite, as massas ficam extremamente cremosas. Para provar as delícias é preciso enfrentar filas. Na matriz da Rua Oscar Freire, a espera vira um evento social. O sucesso se espalhou pelo Shopping JK Iguatemi (no primeiro fim de semana de funcionamento foi vendida 1 tonelada do produto) e por Moema, onde desde o fim de agosto de 2012 funciona, na Avenida Rouxinol, 576, a mais espaçosa das filiais. Um bom trio combina framboesa, stracciatella (leite acrescido de lascas de chocolate) e chocolate meio amargo. Paçoca, menta, avelã e pistache também encantam. Refrescantes como uma raspadinha, mas sem cristais de gelo aparentes, os sorbets de maracujá, manga e figo são opções mais leves. Cada potinho comporta três sabores e custa R$ 8,00 (pequeno), R$ 10,00 (médio) e R$ 12,00 (grande).

Magnum Store
Picolé customizado pelos clientes: na Magnum Store (Foto: Sophia Braun)

Magnum Store: inaugurada no início de outubro, nos Jardins, a loja pop up desta marca de sorvetes premium da Kibon propõe que os clientes personalizem seus picolés. Por R$ 9,00, pode-se escolher três tipos de confeito e uma calda de chocolate belga (ao leite, meio amargo, amargo ou branco) para recobrir o palito de creme. Atenção: funciona apenas de quarta a domingo e deve ficar aberta até o dia 23 de dezembro.

Mil Frutas
Mil Frutas: gelados coloridos (Foto: Bruno Veiga)

Mil Frutas: eis uma sorveteria que nunca cai na mesmice. Na lista de sabores criados pela proprietária carioca Renata Saboya estão os de chocolate com avelã, nozes, abóbora com coco, taperebá ao saquê, morango e tangerina, que se revezam nas cubas junto com mais de 250 outras opções. Em épocas festivas como Páscoa, São João e Natal, por exemplo, faz linhas sazonais. Boa notícia: todos os sorvetes são livres de gordura hidrogenada, corantes e conservantes. Custa R$ 10,00 (uma bola) e R$ 19,00 (duas). Na cestinha crocante, os preços sobem para R$ 12,00 e R$ 21,00.

Stuzzi Gelateria Italiana
Cubas da Stuzzi Gelateria Italiana: massas cremosas (Foto: Fernando Moraes)

Stuzzi Gelateria Italiana: nas duas unidades de rua, na Vila Madalena e no Campo Belo, os salões primam pelo charme e atendimento atencioso. Cremosos como manda o figurino italiano, os sorvetes de pistache, chocolate 51% de cacau, doce de leite com avelã, zabaione e chocolate da Tanzânia são uma delícia. Cada bola custa R$ 9,00 ou R$ 11,50, dependendo do sabor.

Vipiteno Gelato & Caffè
Taça da Vipiteno: a loja fica aberta até tarde no Itaim (Foto: Divulgação)

Vipiteno Gelato & Caffè: depois de jantar, aproveite que a matriz no Itaim fica aberta diariamente até a meia-noite e vá tomar um sorvete supercremoso de sobremesa. Agradam as versões de chocolate com gergelim ou especiarias, tiramisu, pistache, creme e maracujá (R$ 9,00 a bola).

Fonte: VEJA SÃO PAULO