Noite

Wonderland: balada para novinhos

Bairro Santa Cecília, tradicional aos maduros na faixa de 60 anos, ganha a presença de jovens baladeiros

Por: Carolina Giovanelli - Atualizado em

Wonderland - ambiente
(Foto: Raul Zito)

Nos fins de semana à noite, a calçada em frente ao Clube Piratininga, em Santa Cecília, sempre ficou tomada por gente madura, na faixa dos 60 anos, interessada em se divertir nos tradicionais bailes. Entre 2003 e 2009, esse povo animado passou a dividir espaço com jovens baladeiros frequentadores da Jive, na porta ao lado. Agora são playboys e patricinhas ainda mais novos — com 18, 20 anos — que fazem fila para ouvir black music e eletrônico na Wonderland, aberta ali em 23 de julho. A casa tem capacidade para 300 pessoas e segue a linha de clubes como o Heaven, nos Jardins, e o Royal, no centro. Paredes escuras e espelhos decoram os cinco camarotes, o lounge e a pista. No cardápio, há somente uma opção de cerveja: Skol Beats na versão long neck (R$ 10,00).

Fonte: VEJA SÃO PAULO