Concertos

Assinatura Osesp: tudo o que você precisa saber para comprar a sua

Preços e destaques da temporada 2012 da Orquestra Sinfônica do Estado

Por: Adriano Conter - Atualizado em

Marin Alsop - terraço paulistano 2223
Marin Alsop, nova regente da Osesp (Foto: Grant Leighton)

Começa nesta sexta (9) a venda de novas assinaturas para a temporada 2012 da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado). Com 35 semanas de concertos, 124 apresentações na Sala São Paulo e as participações de mais de 80 regentes e solistas, escolher apenas um pacote pode parecer confuso. Por isso, VEJINHA.COM preparou um roteiro para ajudá-lo a se decidir.

+ Veja lista com os concertos que rolam em São Paulo

+ Osesp lança aplicativo para iPhone

Comece pelo dia da semana

Os espetáculos da Osesp estreiam sempre às quintas e são reapresentados às sextas e sábados. O primeiro passo é optar por um desses três dias da semana. Para cada um deles, existem quatro diferentes assinaturas. Cada uma garante um lugar para um total de oito concertos espalhados por todo o ano, cerca de um por mês, já que a temporada começa em março.

Procure um bom lugar

Como o índice de renovação das assinaturas é muito alto (10.057 dos 11.264 assinantes de 2011 já renovaram para 2012), novos interessados têm dificuldade de conseguir bons lugares. No entanto, tente procurar por assentos na plateia central e no balcão mezanino.

Se um bom lugar é uma das principais preocupações, a série para celebrar o centenário do maestro Eleazar de Carvalho, que dirigiu a Osesp de 1973 até a sua morte, em 1996, pode ser a solução. Ela será vendida separadamente e terá mais lugares disponíveis.

Atenção aos melhores concertos

Todas as assinaturas programadas pela Osesp procuram reunir uma variedade grande de estilos para garantir que a plateia conheça diversos períodos da música erudita, passando pelo barroco, contemporâneo, romântico etc. Destaque para Nelson Freire regido pela nova maestrina da Osesp, Marin Alsop, em "Momoprecoce - Fantasia para Piano e Orquestra", de Villa-Lobos. O concerto faz parte das assinaturas Araucária, Cedro e Mogno.

Entre outros solistas, o pianista britânico nascido na Hungria András Schiff executa Beethoven e Schumann nas programações Pau-Brasil, Sapucaia e Jequitibá. Já a pianista portuguesa Maria João Pires toca Mozart sob a regência de Jaap van Zweden para os compradores dos pacotes Jacarandá, Pequiá e Ipê.

Personalize

Se nenhuma assinatura lhe agradar, a sugestão é criar uma própria, que deve ter no mínimo três concertos. É uma boa oportunidade para conhecer boa parte do trabalho de um único compositor por meio dos ciclos. Em 2012, serão apresentadas quatro sinfonias de Brahms, cinco de Shostakovich e seis concertos para piano de Mozart. Os espetáculos estão espalhados por todas as assinaturas, mas você poderá ver todos se criar sua própria programação.

Não exagere no ritmo

Comprando quatro das 12 assinaturas é possível conferir todos os concertos, o que significa ir à Sala São Paulo semanalmente. Segundo o diretor executivo da Osesp, Marcelo Lopes, para quem está começando na música erudita, um pacote de shows está de bom tamanho.

Se uma assinatura apenas parecer pouco, uma alternativa pode ser adquirir concertos de câmara que formam as séries Um Certo Olhar, Recitais Osesp, Quarteto Osesp, Série Coral e Série de Câmara.

Preços

Os valores vão de R$ 156 a R$ 1.280. Todo o processo deve ser feito pelo telefone (11) 4003-2052 (de segunda a sexta, das 9h às 18h) ou pelo site da Osesp. O pagamento pode ser feito por boleto bancário em até duas parcelas ou por cartão de crédito, em seis vezes.

Fonte: VEJA SÃO PAULO