Mistérios da Cidade

Árvore vira arte no Parque do Ibirapuera

A obra "Lúdica Teia" surgiu a partir de um eucalipto atingido por um raio há seis meses

Por: Mauricio Xavier [com reportagem de Isabella Villalba e Catarina Cicarelli] - Atualizado em

Lúdica Teia - Parque do Ibirapuera_2192
“Discreto” eucalipto tem 23 metros de altura e 15 toneladas (Foto: Fernando Moraes)

Quem atravessa o portão 3 do Parque do Ibirapuera depara com um “discreto” eucalipto de 23 metros de altura e 15 toneladas derrubado no chão. A árvore foi atingida por um raio há seis meses e depois de cortada serviu de matéria-prima para a obra intitulada “Lúdica Teia”, do designer gaúcho Hugo França, que fica pronta na terça (23). O artista aproveitou o tronco para escavar um túnel, por onde crianças, e até adultos, desde que agachados, podem entrar, dando acesso a um vão aberto. Nos galhos, cordas foram penduradas simulando uma teia de aranha gigante. “O parque tem 15 600 árvores, e pretendo continuar o trabalho. Gostaria de transformar todas as árvores que caem na cidade de São Paulo”, diz o designer.

Fonte: VEJA SÃO PAULO