Mistérios da Cidade

Artista faz relógio de sol com sombra de equipamentos quebrados

Por: Henrique Skujis - Atualizado em

Enquanto a prefeitura não põe os relógios de rua para funcionar, o artista visual Eli Golande aproveitou a sombra dos instrumentos para uma de suas criações. Ele colocou adesivos numerados ao redor desses equipamentos nas avenidas Paulista, Rebouças e Doutor Arnaldo para transformá-los em relógios de sol. “Por causa das sombras dos prédios, só colei adesivos representando os horários nos quais se veem os raios solares”, afirma Golande, do grupo de intervenções urbanas Aracnídeo.

Fonte: VEJA SÃO PAULO